Questões na prática

Clínica Médica

Infectologia

Você está de plantão no pronto-socorro e recebe um homem, 49 anos, com história de febre alta (até 40°C) contínua, há quatro dias, acompanhada de tosse produtiva e grande queda de estado geral. Há um dia tornou-se dispneico e há cerca de 12 horas, encontra-se sonolento e confuso. Ao exame físico de entrada, obtêm-se os seguintes dados:T=39,7°, FR=32/min, com estridores crepitantes em ½ inferior do hemitórax direito e 1/3 inferior do hemitórax esquerdo. Ausculta cardíaca normal com FC:120bpm. Nota-se ainda um ferimento em região dorsal do pé esquerdo, drenando material purulento em grande quantidade e bolhas disseminadas em membros inferiores. Qual seria sua hipótese diagnóstica e principais medidas terapêuticas iniciais?

A
endocardite por Staphylococcus viridans-antibioticoterapia sistêmica com penicilina cristalina e gentamicina; drogas vasoativas e heparinização.
B
tétano-soro antitetânico (SAT); benzodizepínicos em dose elevadas; desbridamento do ferimento e antibioticoterapia sistêmica com clidamicina.
C
septicemia por Staphylococcus viridans, antibioticoterapia sistêmica com penicilina cristalina; imunoglobulina hiperimune contra tétano (TIG) e desbridamento extenso do ferimento.
D
endocardite por Staphylococcus coagulase-negativo-antibioticoterapia sistêmica com cefalosporina de primeira geração e drogas vasoativas.
E
septicemia por Staphylococcus aureus - antibioticoterapia sistêmica com oxacilina, cuidados de suporte, desbridamento do ferimento; profilaxia antitetânica de acordo com o passado vacinal do paciente.
Paciente do sexo feminino, 28 anos, HIV positivo, dirige-­se a emergência devido à dor de cabeça insuportável. Na semana passada, apresentou déficit funcional motor leve do lado direito. Logo após sua admissão, apresentou quadro motor compatível com epilepsia. Exame físico: Sinais vitais normais, ausência de rigidez na nuca, hemiparesia direita e afasia. Fundo de olho apresenta edema de papila. Qual o diagnóstico provável?
A seleção pré-operatória de pacientes para a operação de redução de peso deve basear-se estritamente nas orientações do NIH. São eles, EXCETO:
Uma menina de 4 anos de idade é atendida apresentando febre e erupção cutânea. A febre apareceu há 6 dias, junto com uma dor de garganta, olhos secos e lábios rachados. Hoje, a criança se apresenta cansada e com temperatura de 38,8°C. As conjuntivas estão edemaciadas bilateralmente, e não há linfoadenopatia cervical e eritema das mãos e dos pés. A pele dos pés está descascando, como se tivesse sido gravemente queimada. A primeira conduta a tomar neste caso é:
Hanseníase indeterminada, forma inicial da doença costuma apresentar-se com:
Compartilhar