Questões na prática

Clínica Médica

Cirurgia

Pneumologia

Você examina um paciente grave com má perfusão capilar periférica, oligúrico e fácies de angústia. Você implanta um cateter de Swan-Ganz e obtém os seguintes parâmetros: saturação venosa mista de O2 = 53%. Lactato arterial de 6,5 (alto), pressão encravada capilar pulmonar (PECP) = 10 mmHg. Pressão venosa central = 25 mmHg. Diferença artério-venosa de O2 aumentada e débito cardíaco diminuído. Seu provável diagnóstico é choque:

A
Obstrutivo (provável embolia pulmonar).
B
Séptico.
C
Anafilático.
D
Hipovolêmico.
E
Cardiogênico.
Paciente jovem deu entrada no pronto socorro com quadro de cólica renal à direita. Rapidamente houve melhora com sintomas com medicação e a tomografia computadorizada revelou cálculo de 5 mm no ureter proximal/médio com pouca dilatação das vias urinárias. Qual a melhor conduta inicial a ser seguida?
Sobre as cardiopatias congênitas é possível afirmar: I - Na comunicação interatrial ocorre shunt esquerda-direita II - A comunicação interventricular gera cianose grave. III - Na persistência do ducto arterioso o tratamento cirúrgico no prematuro está indicado apenas na falha ou contra-indicação para o tratamento farmacológico. Estão corretas:
Mulher de 68 anos, portadora de doença pulmonar obstrutiva crônica, hipertensão arterial e ex-tabagista tem achado incidental de aneurisma da aorta abaixo da emergência das artérias renais com diâmetro máximo de 5,5cm. É assintomática com relação ao aneurisma. Realiza atividades domésticas sem auxílio. Qual a conduta recomendada neste caso?
Renato, sete meses, foi levado ao Posto de Saúde, pois chorou muito à noite. Apresentava fácies de dor, sem febre. Havia dor à mobilização do pavilhão auricular, edema e eritema concêntrico do conduto auditivo externo; membrana timpânica não visualizada; linfonodomegalia periauricular. Retornou para revisão e acompanhamento pediátrico uma semana depois. Aos 10 dias de vida recebeu as vacinas preconizadas, não dando sequência ao calendário vacinal. Ao exame físico: tumoração vermelho vivo, compressível, medindo 4 cm em seu maior diâmetro, na região deltoide e sinais de desnutrição preteico-calórica. Peso= 6.800 g e estatura = 65 cm ( percentil <3 para peso e altura); ausência de sorriso social e de contato ocular com o examinador ou com membros da família. Exames laboratoriais: Hemácias - 2.5000.000/ul; Htc: 27% ; Hb: 7.5 g/dl; VGM: 108 fl; HGM: 30 pg; CHGM: 27.7; RDW: 16.5 %; Reticulócitos: 0.3%; Plaquetas: 25.000/ul ; Leucometria total: 2.200/ul (0-3-0-0-5-38-42-12). Hematoscopia: série vermelha com poiquilocitose (hemácias em lágrima, ovalócitos, raras hemácias em alvo), ansiocitose intensa, predomínio de macrocitose, apesar da presença de micrócitos. Neutrófilos gigantes e plurisegmentados, ausência de blastos no sangue periférico. Para atualizar o calendário vacinal de Renato será necessário:
Compartilhar