Questões na prática

Clínica Médica

Cirurgia

Pneumologia

Você examina um paciente grave com má perfusão capilar periférica, oligúrico e fácies de angústia. Você implanta um cateter de Swan-Ganz e obtém os seguintes parâmetros: saturação venosa mista de O2 = 53%. Lactato arterial de 6,5 (alto), pressão encravada capilar pulmonar (PECP) = 10 mmHg. Pressão venosa central = 25 mmHg. Diferença artério-venosa de O2 aumentada e débito cardíaco diminuído. Seu provável diagnóstico é choque:

A
Obstrutivo (provável embolia pulmonar).
B
Séptico.
C
Anafilático.
D
Hipovolêmico.
E
Cardiogênico.
Um lactente de 16 meses estava com febre há duas horas. A mãe referiu que subitamente a criança apresentou uma crise convulsiva tônico-clônica generalizada com duração de três minutos. Ao chegar ao hospital, após dez minutos do fim da crise, o exame físico do paciente era normal, exceto pela febre (38°C). É correto afirmar que:
Os pais de um menino de 14 anos de idade estão preocupados por sua baixa estatura e ausência de desenvolvimento de características sexuais secundárias. O menino teve um desenvolvimento normal na infância, apesar de ser sempre menor que as crianças de sua idade. O exame físico é normal. A relação entre o segmento superior e inferior é de 0,98. Uma pequena quantidade de pelos finos pubianos e axilares é evidenciada. Não há pigmentação escrotal; seus testículos medem 4 cm³, e seu pênis mede 6 cm. O diagnóstico mais provável é:
Paciente com 30 anos, empregado como vigilante em supermercado há 3 meses, apresentou quadro de dor lombar há 15 dias, sem sintomas abaixo do joelho, com exame neurológico normal e sem restrição do quadril na rotação interna. Foi diagnosticado na unidade de saúde como primeiro episódio de lombalgia inespecífica aguda, não havendo afastamento do trabalho, apresentando melhora gradativa do quadro álgico. Qual o melhor manejo indicado?
Em relação aos marcos do desenvolvimento de uma criança normal, assinale a alternativa incorreta.
Compartilhar