Questões na prática

Pediatria

Pediatria Geral

Você recebe o telefonema de uma mãe cuja filha, de 3 anos de idade, frequenta creche onde ocorreu 1 (um) caso de escarlatina com um colega de sala. A mãe refere que a diretora orientou as mães a procurarem os pediatras de seus filhos. Sabe-se que a criança doente foi afastada e a creche permaneceu aberta. Qual a orientação que você recomenda para sua paciente?

A
Fazer cultura de orofaringe e tratar conforme o resultado.
B
Aplicar penicilina benzatina profilática.
C
Marcar consulta imediatamente para avaliar a possibilidade de doença assintomática.
D
Observar e trazer para consulta, caso a filha apresente alguma alteração clínica.
E
Manter a filha fora da creche por 1 semana.
Uma criança de 15 meses é levada à clínica por causa de falta de ar, intolerância aos exercícios, cianose e com choro. Além disso, a história revela que ela frequentemente se agacha durante estes episódios. No exame, um sopro sistólico áspero é verificado, mais audível ao longo da borda esternal esquerda. A radiografia de tórax revela um coração em bota, com um arco aórtico à direita. O problema cardíaco congênito mais provável é:
A síndrome hemolítico-urêmica é diagnosticada principalmente em crianças. Normalmente precedida por diarreia infecciosa, essa síndrome se caracteriza por:
Das condições abaixo, qual delas NÃO está relacionada à deficiência de vitamina K e ao aumento do risco hemorrágico:
Homem 25 anos, trabalhador braçal, vem aos seus cuidados médicos e relata ser portador de comportamento aberrante, o qual você diagnosticou como “parafílico”. Descreve o paciente, que quando em locais com grande concentração de pessoas ou veículos de transporte coletivo, sente prazer em atritar seus genitais contra o corpo de uma mulher, mesmo sem seu consentimento e ainda que lhe cause constrangimento. Relata ainda, que ao fazê-lo, ele fantasia um relacionamento exclusivo e carinhoso com a vítima. O enquadramento acima descrito é compatível com qual das parafilias abaixo citadas ?
Compartilhar