Coronavírus

Reações locais tardias à vacina da Moderna

Reações locais tardias à vacina da Moderna

Compartilhar
Imagem de perfil de Sanar

As reações locais à vacina da Moderna, assim como nas demais vacinas, foram pesquisadas e reportadas nos estudos de fase 3. No caso da Moderna, reações imediatas no sítio de injeção foram observadas em 84,2% dos participantes após administração da primeira dose. Já as reações tardias no sítio de injeção foram reportadas num número muito menor: em 0,8% dos participantes após a primeira dose, e em 0,2% após a segunda dose.

Reações locais tardias da vacina Moderna

Também foram observadas reações locais tardias após aplicação da vacina Moderna. A média de início destas reações foi de 8 dias e tiveram aparência muito variável. Um estudo publicado na NEJM mostrou estas reações em 12 pacientes, que surgiram após resolução dos sintomas locais e sistêmicos. 

Visualize abaixo fotografias das reações:

Fonte: Delayed Large Local Reactions to mRNA-1273 Vaccine against SARS-CoV-2 – NEJM

Tratamento fornecido para as reações

Alguns pacientes apresentaram concomitantemente reações sistêmicas. Os pacientes receberam tratamento com glicocortcoides, antihistamínicos, gelo e até antibiótico para um caso presumido de celulite. 

Os sintomas desapareceram numa média de 6 dias após início do quadro. 

Por que estamos falando sobre esse assunto

Os médicos podem não estar totalmente preparados para lidar com reações locais tardias à vacinação. Se considerarmos a vacinação em massa que o mundo está passando, é muito provável que estas reações locais sejam trazidas como demandas dos pacientes e que estes requeiram intervenções.

Essas reações podem estar passando despercebidas gerando, inclusive, diagnósticos e tratamentos equivocados (prescrição de antibióticos desnecessários, por exemplo).

O objetivo deste post, bem como do artigo no qual ele se baseia, é justamente antecipar ao médico a preocupação do seu paciente, ajudando-o a encorajar a manter a segunda dose da vacinação, devido ao quadro auto-limitado destas reações, bem como a também evitar o uso desnecessário de antibióticos. 

Posts relacionados:

Referências

Delayed Large Local Reactions to mRNA-1273 Vaccine against SARS-CoV-2 – NEJM

Compartilhe com seus amigos: