Residência Médica

Residência médica na UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso)

Residência médica na UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso)

Compartilhar

Sanar Residência Médica

6 min há 285 dias

A residência médica consiste em uma pós-graduação lato sensu destinada a médicos, instituída em 1977 pelo Decreto 80.281 de 5 de setembro. Todos os programas de residência médica são credenciados pela Comissão Nacional de Residência Médica e quando o médico cumpre todo o programa estabelecido adquire o título de especialista.

A residência médica na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) tem as atividades desenvolvidas no Hospital Universitário Júlio Müller (HUJM), em Cuiabá-MT.

O processo seletivo 2021 oferece 52 vagas de residência em 17 cursos. 

Histórico da Instituição

Criada em 10 de dezembro de 1970, pela Lei nº 5.647, a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) tem sua trajetória iniciada anterior a essa data, uma vez que se originou da fusão da Faculdade de Direito, criada em 1934, e do Instituto de Ciências e Letras de Cuiabá, instituído em 1966.

Atualmente, a UFMT é a única universidade federal no Estado e, durante muitos anos, foi também a única instituição de Ensino Superior em Mato Grosso, constituindo presença marcante no cenário socioeconômico e cultural não apenas pela colocação no mercado de trabalho milhares de profissionais graduados e pós-graduados, como também pelas suas atividades de pesquisa e extensão.

Já o Hospital Universitário Júlio Müller (HUJM foi inaugurado em 31 de julho de 1984, disponibilizando cerca  de 80 leitos, distribuídos pelas quatro áreas básicas: Clínica Médica (e especialidades), Clínica Cirúrgica (e especialidades), Ginecologia e Obstetrícia e Pediatria. No início, o HUJM oferecia atendimento Ambulatorial, Pronto Atendimento, Serviço de Imagem (Radiologia e Ultrassom), Laboratório Clínico, UTI Neonatal. Em 2002 passou a oferecer, também, atendimento de UTI de adultos com 10 leitos disponíveis.

O HUJM foi, formalmente, criado no âmbito da Universidade Federal de Mato Grosso, pelo Conselho Diretor da Fundação, por meio da Resolução n° 94/CD/83 de 21/11/1983. Quase três décadas depois, o HUJM iniciou uma nova etapa da sua história quando firmou, em 12 de novembro de 2013, a parceira com a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). Hoje, o HUJM serve de campo de estágio de alta qualidade para os estudantes de Medicina, Nutrição, Enfermagem, Fisioterapia e Serviço Social, entre outros.

O HUJM é o único hospital público federal de Mato Grosso. Já que a capital não possui um hospital estadual, toda a demanda da saúde pública na Baixada Cuiabana, que abrange 14 municípios (Sistema de Informações Territoriais do Ministério do Desenvolvimento Agrário — SIT/MDA), é dividida com o Hospital Municipal e Pronto Socorro de Cuiabá. 

O processo seletivo

A seleção será feita por meio de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, e análise de currículo, de caráter unicamente classificatório, bem como pontuação adicional para os Programas de Residência Médica de acesso direto, ao candidato que tiver concluído no mínimo 1 (um) ano no Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (PROVAB) ou 2 (dois) anos no programa de residência em Medicina de Família e Comunidade ou Medicina Geral de Família e Comunidade, conforme estabelecem a Resolução CNRM N.º 35, de 09 de janeiro de 2018, e a Resolução CNRM N.º 2, de 27 de agosto de 2015.

Não sabe do que se trata essa pontuação adicional? Então confere as resoluções clicando aqui e aqui

Instituições participantes 

Edital de residência médica da UFMT

O referido processo seletivo para residência médica 2021 será de responsabilidade do Hospital Universitário Júlio Müller (HUJM/EBSERH), cabendo sua execução à Gerência de Exames e Concursos (GEC) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). 

Todas as informações quanto ao processo seletivo foram publicadas no Edital n.º 02/2020/COREME/GEP/HUJM/EBSERH/UFMT

São oferecidas 52 vagas, dispostas da seguinte maneira: 

As inscrições estão abertas e vão de 30 de outubro a 15 de novembro de 2020 e são feitas exclusivamente via internet, no site da UFMT. Atenção: o valor da taxa de inscrição é R$300,00 e não haverá isenção total ou parcial do pagamento da taxa.

A prova está prevista para ocorrer em 13 de dezembro de 2020.

Sanar-Residência-Médica-Trial-Extensivo-R1-2021

Especialidades oferecidas

A UFMT oferece 17 cursos de especialização, dispostos entre acesso direto e necessidade de pré-requisito da seguinte maneira: 

Acesso direto

  • Anestesiologia
  • Cirurgia Básica
  • Cirurgia Geral
  • Clínica Médica
  • Dermatologia
  • Infectologia
  • Medicina de Família e Comunidade
  • Obstetrícia e Ginecologia
  • Oftalmologia
  • Otorrinolaringologia
  • Pediatria.

Áreas com necessidade de pré-requisito

  • Cirurgia Torácica
  • Coloproctologia
  • Urologia
  • Neonatologia
  • Endocrinologia e Metabologia
  • Geriatria

O que esperar da residência médica na UFMT

O residente médico da UFMT poderá contar com corpo profissional docente extremamente qualificado, composto em sua maioria por mestres e doutores, que conhecem a realidade local no maior hospital do estado e portanto, referência para todo o estado na assistência desde patologias simples até a alta complexidade.

Sanar-Residência-Médica-Trial-Extensivo-R1-2021

Confira o vídeo:

Posts relacionados:

Compartilhe com seus amigos:
Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.