Residência Médica

Residência médica no HC USP (Hospital das Clínicas da USP)

Residência médica no HC USP (Hospital das Clínicas da USP)

Compartilhar
Imagem de perfil de Sanar Residência Médica

Fazer residência médica no HC USP (Hospital das Clínicas da USP) é o sonho da maioria dos médicos. Esse fato coloca a instituição como uma das mais disputadas e renomadas do país.

Isso porque o HC USP é uma instituição de excelência, reconhecida nacional e internacionalmente em ensino, pesquisa e assistência. Atualmente é uma das mais importantes instituições de saúde do país e conta com 1.600 residentes e 62 programas de especialidades de residência médica.

Histórico da Instituição

A  ideia para a construção de um hospital-escola começou em 1915. Os objetivos da instituição são:

  • Aprimorar o ensino dos estudantes de medicina;
  • Oferecer assistência médica gratuita à população carente do estado. 

Hoje, o complexo hospitalar do Hospital das Clínicas (HC) ocupa uma área de 600 mil metros quadrados. Além disso, são cerca de 2,4 mil leitos distribuídos entre 08 institutos especializados e 02 hospitais auxiliares.

O Centro de Transplante do HC, onde foi realizado o primeiro transplante de fígado em 1968, é pioneiro na América Latina. O hospital é classificado pela equipe Global Health Intelligence como um dos hospitais mais bem equipados do Brasil e da América Latina.

Além do reconhecimento internacional, referência em pesquisa científica e serviços de excelência prestados à população, o HC USP realiza mais de 01 milhão de consultas ambulatoriais, mais 232 mil atendimentos de urgências e emergências e mais de 50 mil cirurgias por ano. 

O processo seletivo para a residência médica no HC USP

O processo seletivo para o HC USP é feito em duas etapas. A primeira etapa é constituída por uma prova objetiva, com peso 09, pontuada de 0 a 100. São 120 questões de múltipla escolha (A, B, C e D). Já a segunda etapa consiste em análise curricular, cujo peso é 01.

A prova objetiva terá o conteúdo programático do curso de graduação em medicina. Em outras palavras, as questões serão distribuídas igualmente entre os grandes assuntos: Cirurgia Geral, Clínica Médica, Ginecologia e Obstetrícia, Pediatria e Medicina Preventiva e Social.

Quais são os assuntos mais cobrados?

Dentre as especilidades mais cobradas na prova, Cirurgia está no topo da lista. As questões costumam trazer muitas imagens, abordando temas como:

  • Ortopedia;
  • Complicações pós-operatórias;
  • Tumores e abscessos hepáticos;
  • Oncologia
  • Cirurgia do trauma;
  • Cirurgia geral;
  • Trauma abdominal;
  • Cirurgia vascular;
  • Hérnias.

Em Clínica Médica, hipertensão e diabetes são assuntos clássicos. A intepretação de eletrocardiogramas tem se mostrado mais prevalente também. Além disso, AVC, síndromes nefrótica e nefrítica e artrite são bastante cobrados também.

Já em Pediatria, saber bem vacinação e doenças exantemáticas é imprescindível. Marcos do desenvolvimento, infecções de vias aéreas, icterícia e sífilis neonatais são outros assuntos importantes nessa área.

As questões de GO é comum cair imagens. Temas que merecem atenção são:

  • HPV;
  • CA de mama;
  • Sangramentos de primeiro trimestre;
  • Corrimentos vaginais;
  • Úlceras.

Por fim, em Preventiva, os assuntos que são queridinhos englobam Hanseníase, doença de Chagas e arboviroses. Vale lembrar que nessas questões também são cobrados assuntos como Conselhos e Conferências, bem como considerações sobre a Atenção Básica.

Confira as especialidades e o número de vagas oferecidas

O programa de residência médica no HC-USP é um dos mais completos do país, oferecendo 62 especialidades com as maiores referências em cada área.

Especialidades de acesso direto

Vagas de acesso direto HC USP
Vagas de acesso direto HC USP

Especialidades com necessidade de pré-requisito

Vagas com pré-requisito HC USP
Vagas com pré-requisito HC USP
Vagas com pré-requisito HC USP
Vagas com pré-requisito HC USP
Vagas com pré-requisito HC USP

Como foram os últimos processos seletivos?

Em um post anterior, a Sanar destrinchou como foram as concorrências no processo seletivo para a residência no HC USP em 2019 e em 2020. Para refrescar sua memória, você pode conferir a matéria na íntegra aqui.

Contudo, trouxemos um resumo sobre a concorrência no processo de 2020, caso queira apenas informações rápidas!

Em 2020, a maioria das especialidades de acesso direto tiveram um aumento na concorrência em relação ao ano anterior. A exceção dessa regra foram Acupuntura, Otorrinolaringologia, Patologia, Radiologia e Radioterapia, cujas concorrências caíram discretamente.

No processo de 2021/2022, as especialidades com maior relação candidato/vaga foram: Cirurgia Geral (58.17), Dermatologia (31.70), Neurocirurgia (48.75), Otorrinolaringologia (35.50) e Ginecologia e Obstetrícia (35.43).

O que esperar da residência médica no HC USP

Sem dúvidas, a residência médica no HC-USP é o desejo de muitos médicos que desejam atuar em uma instituição de referência. Além da excelente infraestrutura, a instituição conta com os maiores profissionais de suas áreas.

No HC-USP, o médico encontra condições de excelência singulares para sua formação técnica, científica e humanística.

Confira o vídeo:

Correção da prova da USP 2021/2022.

Posts relacionados: