Ciclos da Medicina

Revalida 2020: conheça as mudanças da nova edição e como se preparar

Revalida 2020: conheça as mudanças da nova edição e como se preparar

Compartilhar

Sanar Residência Médica

8 min há 605 dias

O Revalida

O Exame Nacional de Revalidação de Diplomas, o Revalida, é uma prova criada para simplificar o processo de reconhecimento de diplomas de medicina emitidos por instituições de ensino estrangeiras. Antes da sua criação cada Instituição de Ensino Superior Brasileira tinha o seu próprio processo de validação.

Para atuar como médico no Brasil, o estudante formado no exterior (mesmo brasileiro) precisa fazer o reconhecimento do seu diploma. Só assim ele poderá solicitar ao Conselho Regional de Medicina a autorização para  trabalhar.

A primeira edição do Revalida foi em 2010, como projeto piloto, mas só foi instituído oficialmente em março de 2011.

Revalida 2020

O Ministério da Educação (MEC), através do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), que é o orgão responsável pela elaboração e aplicação da prova, afirmou na afirmou na quinta-feira (14.05.2020) que em 2020 será aplicada uma nova edição da prova do Revalida (Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira), com Edital sem previsão para publicação e com aplicação das provas da primeira etapa no dia 06/Dezembro/20, a prova prática ainda não tem data divulgada.

Cerca de 15 mil profissionais formados em medicina em outros países esperam a prova, que não é aplicada desde 2017, para atuarem legalmente como médicos no Brasil.

O anúncio do INEP ocorre após uma grande pressão por parte de governadores e formandos do exterior, para a realização da prova, seguindo a Lei nº 13.959, de 18.12.2019.

Pela lei, o Revalida será aplicado semestralmente, e o edital será publicado em até 60 dias antes da realização do exame escrito. A prova será realizada em duas etapas: exame teórico e exame de habilidades clínicas.

Cronograma – De acordo com o edital, o Revalida 2020 cumprirá o seguinte cronograma: 

  • Inscrição: 21 de setembro a 2 de outubro de 2020.
  • Pagamento da taxa de inscrição: 21 de setembro a 7 de outubro de 2020.
  • Solicitação de atendimento especializado e tratamento pelo nome social: 21 de setembro a 2 de outubro de 2020.
  • Resultado da solicitação de atendimento especializado e tratamento pelo nome social: 9 de outubro de 2020.
  • Recurso da solicitação de atendimento especializado e tratamento pelo nome social: 12 a 16 de outubro de 2020.
  • Resultado do recurso da solicitação de atendimento especializado e tratamento pelo nome social: 19 de outubro de 2020.
  • Envio do diploma para análise: 21 de setembro a 2 de outubro de 2020. Resultado: 9 de outubro 2020.
  • Aplicação: 6 de dezembro de 2020.
  • Gabaritos preliminares da prova escrita objetiva e do padrão de resposta provisório da prova escrita discursiva: 8 de dezembro de 2020.
  • Recurso de gabaritos: 8 a 14 de dezembro de 2020.
  • Gabaritos definitivos da prova escrita objetiva e do padrão de resposta definitivo da prova escrita discursiva: 8 de fevereiro de 2021.
  • Resultado da prova escrita objetiva: 8 de fevereiro de 2021.
  • Resultado provisório da prova escrita discursiva: 8 de fevereiro de 2021.
  • Recurso do resultado provisório: 8 a 12 de fevereiro de 2021.
  • Divulgação do resultado final: 5 de março de 2021.

    Fonte: https://www.gov.br/inep/pt-br/assuntos/noticias/revalida/publicado-edital-do-exame-com-cronograma-de-aplicacao

Requisitos para participar do revalida

  • ser brasileiro(a) ou estrangeiro em situação legal de residência no Brasil;
  • enviar imagens do diploma (frente e verso), como solicitado pelo sistema de inscrição;
  • ter registro no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) emitido pela Receita Federal do Brasil;
  • ser portador de diploma médico expedido por instituição de ensino superior estrangeira, reconhecida no país de origem pelo seu ministério da educação ou órgão equivalente, autenticado pela autoridade consular brasileira ou pelo processo de Apostilamento da Haia, regulamentado pela Convenção de Apostila da Haia, tratado internacional promulgado pelo Brasil por intermédio do Decreto nº 8.660, de 29 de janeiro de 2016.

Taxa de inscrição

De acordo com o texto aprovado, os custos da realização do Revalida serão cobrados dos inscritos, “a custo zero para os cofres públicos”, segundo Abraham Weintraub. Com isso, quem arcará com todas as despesas de aplicação da prova serão os candidatos, que pagarão taxas mais altas que as das últimas edições.

O valor da taxa de inscrição da 1ª Etapa do Revalida 2020 é de R$ 330,00 (trezentos e trinta reais), conforme § 5º do art. 2º da Lei nº 13.959, de 2019, e art. 1º da Portaria Interministerial MEC/MS nº 3, de 16 de março de 2016.
Sendo assim, a primeira etapa passa a custar 10% do valor mensal da bolsa do médico-residente (R$ 330) e a segunda R$ 3.300. 

O candidato reprovado na segunda etapa estará habilitado para realizar o exame nas duas edições seguintes, sem a necessidade de fazer a primeira etapa novamente.

Estrutura do Exame

O Revalida é um rigoroso processo avaliativo, dividido em duas etapas eliminatórias aplicadas em momentos distintos: prova escrita e prova de habilidades clínica. O Exame é fundamentado na demonstração de conhecimentos, habilidades e competências necessárias ao exercício da medicina. A aprovação nas duas etapas da avaliação é um demonstrativo da competência técnica (teórica e prática) do médico graduado para o exercício profissional.

1ª Fase: Avaliação escrita – Caráter Eliminatório.

A primeira etapa do processo é realizada através de uma prova de 100 questões de múltipla escolha, que ocorrerá no dia 06/12, no período da manhã, com duração de 5 horas, que abordam os temas da matriz de correspondência curricular. Além disso, há ainda 5 questões discursivas sobre os mesmo temas, que irá ocorrer no mesmo dia, no período da tarde, com duração de 4 horas (veja a descrição do último edital).

De acordo com o INEP, a nota de corte do Revalida é calculada pelo método Angoff modificado. Uma comissão independente e formada por professores não responsáveis pela seleção dos itens analisará uma a uma as questões para estimar a chance de acerto dos participantes.

A média de acertos para cada item é computada e utilizada no cálculo de uma média geral de acertos, que se converte nos pontos de corte, que variam a cada edição; a depender do nível de dificuldade da prova.

A nota de corte da última edição, em 2017, foi de 85 pontos, somando a pontuação das 2 provas teóricas (objetiva e discurssiva)

Confira a Matriz de Correspondência Curricular.

2ª fase: Habilidades Clínica – Caráter Eliminatório.

A data ainda não tem data divulgada, mas o participante irá executar dez tarefas para uma banca examinar suas habilidades para o exercício da função médica.

Para isso, percorre dez estações resolvendo tarefas como: a investigação de história clínica, a interpretação de exames complementares, a formulação de hipóteses diagnósticas, a demonstração de procedimentos médicos, o aconselhamento a pacientes ou familiares, entre outras.

Na última edição do exame (2017) a nota de corte foi de 62 pontos, dentre os 100 pontos possíveis. Esse ano ainda não foi divulgado, depende do nível de dificuldade da prova que será aplicada.

Como se preparar para o Revalida

Revalida: revalide seu diploma e atue no Brasil

A Sanar Residência Médica tem dois cursos exclusivos para a revalidação de diploma, o curso Revalida extensivo, que possui uma abordagem completa ponto à ponto e o curso Revalida prova prática que é perfeito para você fazer aquela revisão de todos os pontos e ser aprovado para atuar no Brasil.

Ambos os cursos foram idealizados e construídos por uma equipe de professores especialistas em provas e exames de medicina.

Fonte: INEP, G1, Agência Senado, Gazeta do Povo.

Confira o edital Completo

Posts relacionados:

Confira o vídeo:

Compartilhe com seus amigos:
Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.