Atualizações sobre pacientes com câncer na infecção por SARS-CoV-2 |Aula Coronavírus | Ligas

Confira a aula completa sobre: Atualizações sobre pacientes com câncer na infecção por SARS-CoV-2. A aula está dividida em dois vídeos. Entre os temas abordados estão desafios e questionamentos sobre pacientes oncológicos, perfil clínico epidemiológico, gestão de pacientes, cirurgias, entre outras coisas. Aula 1 Aula 1 Olá, meu nome é Isabelly Montenegro e sou presidente da Liga Acadêmica de Oncologia do Amapá – LACON. Vamos conversar acerca das atualizações sobre pacientes com câncer na infecção por coronavírus. Essa é uma iniciativa da Associação Brasileira de Ligas Acadêmicas de Medicina – ABLAM em parceria com a SANAR. Dentre os pontos que vamos abordar na aula, conversaremos acerca de:  – Desafios e questionamentos encontrados; – Pacientes oncológicos no contexto da pandemia;  – Perfil clínico e epidemiológico dos pacientes com câncer infectados com COVID-19; – Gestão de paciente com câncer; – Atraso no tratamento versus exposição ao coronavírus; – Cirurgia do câncer, e; – Terapia sistêmica e radioterapia dentro do contexto da pandemia.  Tudo isso baseado em estudos recentes dentro desse tema que também é novo e em que ainda não há nada de absoluto. INTRODUÇÃO  O COVID-19 é uma pandemia respiratória aguda em rápida expansão iniciada em 2019 que atacou todos os aspectos da vida diária no mundo.  Em relação a números epidemiológicos, todos os dias eles são atualizados. Até o dia 21 de abril de 2020, estavam registrados cerca de 2,5 milhões de infectados em todo o

ABLAM

8 min76 days ago

Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo (SARA)

Introdução Existe uma série de síndromes associadas ao COVID-19. Os pacientes podem apresentar apenas sintomas leves, mas há casos mais graves que envolvem pneumonia ou Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG/SARA). O manejo é complicado, mas apesar de pequenas diferenças o manejo desse paciente é como de qualquer outra SARA. Fique por dentro da definição, epidemiologia, fisiopatologia, etiologia e tratamento, tudo o que você precisa saber para manejar o seu paciente com SARA na emergência. Definição de SARA A SARA é definida como uma lesão inflamatória aguda e difusa pulmonar que provoca aumento da permeabilidade vascular do pulmão, determinando aumento do seu peso e diminuição de tecido aerado. Epidemiologia Seu eixo corresponde a 10% das internações na UTI. Além disso, 23% dos pacientes em ventilação mecânica preenchem critérios de SARA. Apesar de possuir mortalidade hospitalar alta (40%), ainda é pouco diagnosticada. Fisiopatologia Para caracterizar a SARA, é necessário um insulto agudo (descrito nos Critérios de Berlim). Este insulto inflamatório atrai os macrófagos e aumenta a permeabilidade vascular, o que culmina em uma inundação alveolar. Este edema gera destruição alveolar e quebra do surfactante, que é o responsável pela redução da tensão superficial da água dentro do alvéolo e, assim, impede o colapso do mesmo. Dessa forma, os alvéolos colabam levando à hipoxemia. Etiologia A disposição etiológica da SARA envolve principalmente: Pneumonia (40%) Sepse (32%) Aspiração (9%) Trauma/outros (19%) Diagnóstico de SARA Com fora dito acima, para caracterizar a SARA, é necessário um insulto agudo, melhor descrito através Critérios de Berlim. Critérios de Berlim

SanarFlix

2 min105 days ago
Filtrar conteúdos
Filtrar conteúdos
Áreas
Ciclos da medicina
Termos de Uso | Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.