Quarta semana do desenvolvimento

INTRODUÇÃO Ao final da terceira semana do desenvolvimento embrionário, tem-se um embrião trilaminar, isto é, já com três camadas germinativas embrionárias diferenciadas. Essas três camadas germinativas – endoderma, ectoderma e mesoderma – são as precursoras de todos os tecidos embrionários e a sua diferenciação representa o início da morfogênese. Imagem 1 – Corte transversal de embrião evidenciando o formato achatado do disco embrionário trilaminar. Fonte: Adaptado de Embriologia Médica – Langman. Durante o desenvolvimento, o embrião humano passa por uma sequência de transformações que, apesar de estarem interrelacionadas, podem ser agrupadas em três grandes fases. A primeira delas é a fase de crescimento, na qual há intensa divisão celular e elaboração de produtos celulares. A segunda é chamada de morfogênese, ou seja, é a fase de formação dos órgãos, os quais ganham forma e tamanho. Trata-se de um processo molecular complexo, controlado pela expressão e regulação de genes específicos em uma sequência ordenada. Por fim, tem-se a fase de diferenciação dos tecidos, na qual ocorre a maturação dos processos fisiológicos. Isso significa dizer que as células se organizam em padrões precisos de tecidos e órgãos, sendo assim capazes de executar funções especializadas. O período que se estende da terceira à oitava semana do desenvolvimento é chamado de período embrionário ou de organogênese. Diz respeito a origem de vários tecidos e órgãos específicos, a partir de cada um dos folhetos embrionários. Ao final dele, por volta do final do segundo mês de gestação, os principais sistemas de órgãos já iniciaram seu desenvolvimento, o que faz com que o embrião assuma uma aparência humana.  SE LIGA! É importante lembrar que no período embrionário os tecidos e órgãos estão se diferenciando rapidamente. Isso significa que a exposição do embrião a agentes teratogênicos, como drogas e vírus, por exemplo, em especial

SanarFlix

3 minhá 632 dias

Embriologia do sistema respiratório

DESENVOLVIMENTO ATÉ A 3ª SEMANA: Primeira semana do desenvolvimento humano: Para entender a formação do embrião e dos seus sistemas, com foco no sistema respiratório, é necessária uma contextualização da temática a partir do início, isto é, da concepção do embrião. Esse início se dá a partir da fecundação do óvulo com o espermatozoide, tendo como resultado a formação do zigoto que, posteriormente, formará o blastocisto. O zigoto sofre sucessivas clivagens, isto é, repetidas divisões mitóticas, resultando em rápido aumento do número de células – blastômeros. A divisão do zigoto tem início aproximadamente 30 horas após a fecundação e esses blastômeros tornam-se menores a cada divisão por clivagem. Após o estágio de oito células, os blastômeros mudam sua forma e se agrupam firmemente uns com os outros, na chamada compactação. Este fenômeno pode ser mediado pelas glicoproteínas de adesão da superfície celular e possibilita maior interação célula a célula, sendo um pré-requisito para a segregação das células que formam a massa celular interna. Quando já existem 12 a 32 blastômeros, o concepto é chamado de mórula. Logo depois da mórula ter alcançado o útero (cerca de 4 dias após a fecundação), o fluido da cavidade uterina passa através da zona pelúcida para formar um espaço preenchido por fluido, denominado de cavidade blastocística, localizado no interior da mórula. À medida que o fluido aumenta na cavidade, os blastômeros são separados em duas partes: O trofoblasto, uma delgada camada celular externa que formará a parte embrionária da placenta O embrioblasto, um grupo discreto de blastômeros que representam o primórdio do embrião Durante esta fase do desenvolvimento, denominada blastogênese, o concepto é chamado de blastocisto. Imagem: Desenvolvimento do zigoto do estágio de duas células até o estágio de mórula tardia. Fonte: Langman, Embriologia Médica, 13a ed. Segunda semana do desenvolvimento humano: A implantação do blastocisto no

SanarFlix

2 minhá 632 dias

Primeira semana de desenvolvimento

INTRODUÇÃO:  A primeira semana do desenvolvimento embrionário se dá após a gametogênese, momento em que um espermatozoide capacitado se encontra com o oócito e ocorre a fecundação. Basicamente, a fecundação consiste na união desses dois gametas haploides formando uma nova célula diploide que originará um novo ser. GAMETOGÊNESE:  A gametogênese é o processo de formação de gametas que ocorre em organismos dotados de reprodução sexuada. O processo de divisão importante para a produção de gametas (células haplóides) é a meiose, pois esta reduz à metade a quantidade de cromossomos das células e possibilita a recombinação gênica no momento em que ocorre a fecundação. Nos homens o processo de gametogênese é denominado espermatogênese e nas mulheres oogênese. Os gametas são derivados das células germinativas primordiais (CGPs) (formadas durante a segunda semana), movem-se pela estria primitiva durante a gastrulação e migram para a parede da vesícula vitelínica. Na quarta semana, essas células começam a migrar da vesícula vitelínica em direção às gônadas em desenvolvimento, onde chegam até o final da quinta semana. As divisões mitóticas aumentam em número no decorrer da migração e também quando alcançam a região da futura gônada. Em uma preparação para a fertilização, as células germinativas sofrem gametogênese, que inclui a meiose, para reduzir seu número de cromossomos, e citodiferenciação, para completar sua maturação. Para um bom entendimento da gametogênese, portanto, é necessário estar a par do processo de meiose, o qual iremos revisar na sequência do conteúdo abaixo. Meiose:  A meiose consiste em duas divisões celulares meióticas, durante as quais o número de cromossomos das células germinativas é reduzido à metade (23, o número haploide) do número presente em outras células do corpo (46, o número diploide). Durante a primeira divisão meiótica, o número de cromossomos é reduzido de diploide para haploide. Os cromossomos homólogos

SanarFlix

4 minhá 632 dias

Terceira semana do desenvolvimento

INTRODUÇÃO:  A terceira semana do desenvolvimento coincide com a semana seguinte a primeira ausência do período menstrual, ou seja, 5 semanas após o primeiro dia do último ciclo menstrual normal. Neste período, uma gravidez normal pode ser detectada por ultrassonografia. O rápido desenvolvimento do embrião a partir do disco embrionário trilaminar durante a terceira semana é caracterizado por: Aparecimento da linha primitiva; Desenvolvimento da notocorda; Diferenciação das três camadas germinativas. GASTRULAÇÃO: FORMAÇÃO DAS CAMADAS GERMINATIVAS: A gastrulação é o processo pelo qual as três camadas germinativas  precursoras de todos os tecidos embrionários, e a orientação axial, são formados nos embriões. Constitui o evento mais importante que ocorre durante a terceira semana e representa o início da morfogênese. Durante essa semana, o disco embrionário bilaminar é convertido em um disco embrionário trilaminar. Cada uma das três camadas germinativas (ectoderma, mesoderma e endoderma) dá origem a tecidos e órgãos específicos: O ectoderma embrionário dá origem a epiderme, aos sistemas nervosos central e periférico, aos olhos e ouvidos internos, as células da crista neural e a muitos tecidos conjuntivos da cabeça. O endoderma embrionário é a fonte dos revestimentos epiteliais dos sistemas respiratório e digestório, incluindo as glândulas que se abrem no trato digestório e as células glandulares de órgãos associados ao trato digestório, como o fígado e o pâncreas. O mesoderma embrionário dá origem a todos os músculos esqueléticos, às células sanguíneas, ao revestimento dos vasos sanguíneos, a musculatura lisa das vísceras, ao revestimento seroso de todas as cavidades do corpo, aos ductos e órgãos dos sistemas genitais e excretor e a maior parte do sistema cardiovascular. No tronco, ele é a origem de todos os tecidos conjuntivos, incluindo cartilagens, ossos, tendões, ligamentos, derme e estroma (tecido conjuntivo) dos órgãos internos. Linha primitiva No começo da terceira semana, uma

SanarFlix

2 minhá 632 dias
Filtrar conteúdos
Filtrar conteúdos
Áreas
Ciclos da medicina
Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.