Urgência e Emergência

Uso de oxigênio em emergências, 2016 – ANZCOR | Ligas

Uso de oxigênio em emergências, 2016 – ANZCOR | Ligas

Compartilhar
Imagem de perfil de LAEPH

Apesar de possuir potenciais efeitos adversos em determinadas circunstâncias, a suplementação de oxigênio é considerada essencial para indivíduos com dispneia, respirações curtas ou hipoxemia, e pode ser extremamente benéfica tanto para indivíduos que estejam respirando quanto para os que não estão. Entretanto, sua administração deve ser restrita a indivíduos capacitados para tal.

Equipamentos

Há muitos tipos de dispositivos que auxiliam na administração de oxigênio suplementar e, apesar de cada um possuir especificações em relação ao seu uso, todos devem ser utilizados por pessoas treinadas.

Dentre eles, o mais complexo é a bolsa-válvula-máscara. Ao se utilizar esse equipamento em uma vítima que não esteja respirando, são necessários dois profissionais: um que se responsabilize pela via aérea, pela máscara e sua adequada vedação; e outro que realize as insuflações na bolsa. Em determinada situação, caso não houver duas pessoas treinadas, podem ser suficientes a realização de respiração boca-a-boca, utilizando máscara com válvula unidirecional, e a administração de oxigênio suplementar.

Manejo

É importante lembrar que o Suporte Básico de Vida (SBV) nunca deve ser atrasado devido à administração de oxigênio. No entanto, caso a vítima tenha necessidade dessa suplementação em um ambiente de primeiros socorros, ela deverá ser avaliada posteriormente por um profissional capacitado. O uso do oxímetro de pulso pode auxiliar na identificação de vítimas com SpO2 < 94%, cujo recebimento de oxigenoterapia pode ser benéfico.

Outras indicações

Além disso, outras indicações para a administração de oxigênio são: sinais de cianose, choque, mal de descompressão (mal do mergulhador), indicativos de intoxicação por monóxido de carbono e/ou outras substâncias, sangramentos ou queimaduras, infartos, acidente vascular encefálico (AVC), asma, anafilaxia, afogamentos, pacientes que estão recebendo ressuscitação cardiopulmonar, entre outros.

Autores, revisores e orientadores:

Autor(a) : Revisora: Beatriz Silva Silveira – @bia.silveira2

Coautor (a): Larissa Melo Targino – @larissamelot

Revisor(a): Gabriela Malaquias Barreto Gomes – @gabriela.malaquias

Orientador(a): Tauá Vieira Bahia – @proftauabahia

O texto acima é de total responsabilidade do autor e não representa a visão da sanar sobre o assunto.

Gostou da postagem? Quer ter a sua liga postando no Sanarmed também? Clique no botão abaixo e participe!

Referências:

ANZCOR Guideline 9.2.10 – The Use of Oxygen in Emergencies

Compartilhe com seus amigos: