Ciclos da Medicina

A Pneumologia Pediátrica | Colunistas

A Pneumologia Pediátrica | Colunistas

Compartilhar

Marcos Parreira

8 minhá 43 dias

A entrada no internato

A pneumologia pediátrica (PneumoPed) foi minha primeira experiência no internato. A primeira sensação de ter uma senha que acessa os computadores, ter um crachá que indica que você pertence ao hospital, ir arrumado para conhecer os pacientes internados, é tudo uma sensação maravilhosa.

Eu tive a sorte de poder escolher um optativo logo na entrada do internato e acredito que escolher uma especialidade da pediatria foi a minha melhor escolha possível. Na pediatria normalmente temos profissionais mais acessíveis, menos estresse, é uma ótima área para começar a aprender a lidar com o funcionamento dos hospitais.

Faço estágio no complexo hospitalar Santa Casa da Misericórdia de Porto Alegre, por ser estudante da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA). O complexo hospitalar é incrível e imenso, mas o Hospital da Criança Santo Antônio sempre vai trazer uma sensação diferente. Seja pelas paredes pintadas com imagens para as crianças, seja pela abertura das diversas áreas da pediatria para ajudar uns aos outros, a energia que está por trás de um hospital infantil sempre vai ser diferenciada.

A rotina

Figura 1 – Pneumologia Pediátrica[i]

A PneumoPed é uma área que se acompanha com muita cautela, então a rotina todo dia começa cedo. Chegamos 7h30min no hospital de segunda a sexta-feira, para revisar as evoluções que foram geradas no sistema, avaliando os pacientes desde o dia anterior. Muitas vezes a mesma criança é avaliada por diversas especialidades médicas, além da interdisciplinaridade do hospital; isto é, a avaliação de diversas áreas da saúde: fonoaudiologia, nutrição, fisioterapia, enfermagem, entre outras.

Depois de avaliar o que disseram do paciente em outras evoluções, é o momento de sua avaliação. Normalmente em acompanhamento de algum residente da área, você vai avaliar o paciente, fazer o exame físico, perguntar sobre intercorrências do último dia, mentalizar uma impressão e preparar para discutir o caso. Então entra a parte de maior aprendizado – a discussão com o preceptor.

O preceptor principal da Pneumologia Pediátrica do Hospital da Criança Santo Antônio é o Dr. Gilberto Fischer, um médico incrível, extremamente sábio, calmo e com certeza um dos melhores pediatras desse país. Tudo o que o doutorando notou sobre as novas evoluções e as intercorrências do paciente são passadas para o preceptor, incluindo impressão do paciente e conduta sugerida. Digo que essa é a maior área de aprendizado porque aqui se avaliam os exames laboratoriais, os exames de imagem, os medicamentos e a melhora ou piora do paciente. Assim, esse se torna o momento de errar, estudar e aprender com os erros.

Depois da discussão, evoluímos o paciente no sistema, liberamos a prescrição do dia e estamos livres para almoçar, mas sem atrasos, porque 13h começa o ambulatório em outro hospital, que para mim foi uma das melhores experiências desde que entrei na faculdade de medicina: atender um paciente no ambulatório.

É um atendimento completo pediátrico, mas focado para a área de pneumologia. Nesse caso, no Hospital Materno Infantil Presidente Vargas, os ambulatórios de segundas, quartas e sextas-feiras são focados em asma, mas podemos ver outras doenças pneumológicas também. As etapas de GINA aqui são muito importantes, principalmente para entender como está o tratamento da asma do paciente e qual vai ser a mudança nos medicamentos do paciente, caso haja mudança.

Figura 2 – Manejo da crise asmática. Sanarmed.[ii]

Durante a semana existem aulas, interpretações de artigos, apresentações de caso em reunião radiológica, ambulatórios multidisciplinares (fibrose cística) e aulas apresentadas pelo doutorando também. Por mais que seja meu primeiro, já não tenho dúvidas que este é um dos melhores estágios para aprendizado.

O que preciso saber para entrar no estágio?

A pneumologia pediátrica é uma área ampla, e existe muito a aprender dentro do estágio, mas, para saber no primeiro dia, 3 tópicos são essenciais: pneumonia, fibrose cística e asma. Você pode até pensar que fibrose cística é uma doença rara, mas veja bem, quem trata fibrose cística é o pneumologista pediátrico, então muito provavelmente vão ter internados por exacerbação da fibrose cística na enfermaria. Além disso, no caso do Hospital da Criança Santo Antônio, temos também o ambulatório de fibrose cística, então é uma doença vista quase todos os dias.

Pneumonia adquirida na comunidade é um tema importante não apenas na pediatria, mas na clínica em geral. Entretanto, a pediatria vai apresentar algumas pneumonias mais “interessantes” desde o ponto de vista médico. Crianças podem aspirar óleo mineral, podem comer terra, podem tomar muito ibuprofeno, é um leque de possibilidades muito mais amplo. Além de que crianças (por enquanto, em março de 2021) não se apresentam no hospital com pneumonia por Covid19, então os sintomas e as imagens vão ser mais variadas. Aqui inclusive vale a pena entender qual a especificidade de alguns agentes etiológicos, como a pneumonia por C. trachomatis ou a pneumonia por M. pneumoniae.

Por fim, vale a pena revisar os sintomas clássicos de asma em crianças. Tipos de exacerbações, desencadeantes e técnica inalatória são essenciais para o atendimento de uma criança com asma, mas a técnica inalatória é algo que se deve aprender para a vida como médico. Uma criança com técnica inalatória falha não está se tratando para asma, é basicamente uma injeção intramuscular que se passa na pele e espera a pele absorver, ou seja, não funciona.

O que posso aprofundar no estágio?

Caso considere a pediatria, como eu considero, vale a pena já aproveitar os pacientes que você avalia para aprofundar seu conhecimento. Assim, em primeiro lugar, deve-se perguntar aos preceptores se existe alguma área extra que você possa acompanhar, mesmo que seja aos sábados pela manhã. Acredite, vale a pena.

As causas de sibilância em lactentes são algo a se aproveitar na PneumoPed. São muitas. São muitos lactentes sibilantes. Lembre-se, nem tudo que sibila é asma, mas normalmente tudo que sibila cai na prova da residência.

Tuberculose infantil também é muito importante para identificação. Uma criança com tuberculose pode ter febre por 30 dias mesmo se estiver em RHZE, esse diagnóstico deve ser extremamente preciso.

Enquanto continuarmos em pandemia, provavelmente as bronquiolites virais e obliterantes continuarão fora do hospital. O vírus sincicial respiratório tem aparecido cada vez menos desde o começo da pandemia por Covid-19, mas possivelmente retornará no inverno, então existe a possibilidade de você avaliar bronquiolites, que são um quadro muito comum em qualquer emergência.

Por fim, foco muito grande nos artigos que os professores encaminharem. Chegue cedo, saia apenas quando sentir que não tem mais o que aprender no dia. Esse trabalho pode não ser pago, pode até não ser reconhecido, mas com certeza vai gerar muito conhecimento para que você possa utilizar quando formado.

É uma área apenas para futuros pediatras?

Não. De forma alguma. Por mais que os pacientes sejam todos da pediatria, os sinais, sintomas e as enfermidades não são. Aprendi muito sobre interpretação de raio X nesse estágio. Os residentes foram muito pacientes e me explicaram, mais de uma vez, como prescrever pacientes, como conduzir uma boa consulta e como utilizar o sistema hospitalar.

O internato da UFCSPA requer 3 meses de pediatria, assim como a maioria das universidades brasileiras. Dessa forma, saber fazer uma consulta pediátrica é completamente essencial, e, acredite, você vai ver uma criança com asma muitas vezes na vida em qualquer unidade básica de saúde ou em qualquer plantão hospitalar. Pacientes da PneumoPed vão para emergência, você vai encontrá-los algum dia. Se você passar por esse estágio, tenho certeza que vai estar completamente preparado para tratar o paciente na emergência.

O texto acima é de total responsabilidade do autor e não representa a visão da sanar sobre o assunto

Gostou do artigo? Quer ter o seu artigo no Sanarmed também? Clique no botão abaixo e participe

Referências:

[i] Disponível em [https://hospitalis.com.br/img/especialidades/pneumologia-pediatrica.jpg]. Acesso em 13/03/2021.

[ii] Disponível em [https://www.sanarmed.com/crise-de-asma-na-emergencia-gina-yellowbook]. Acesso em 13/03/2021.

Compartilhe com seus amigos:
Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.