Outros

Abdome agudo obstrutivo

Abdome agudo obstrutivo

Compartilhar

Sanar Pós Graduação

7 minhá 9 dias

O abdome agudo obstrutivo corresponde a, aproximadamente, 20% dos casos de abdome agudo no departamento de emergência.

Causas do abdome agudo obstrutivo

  • Aderências (bridas) é a causa mais comum em pacientes com história de cirurgia prévia (a brida é mais comum no intestino delgado).
  • Câncer colorretal – causa mais comum em pacientes sem cirurgia prévia e em obstrução no CÓLON.
  • Hérnias encarceradas
  • Volvo
  • Intussuscepção
  • Íleo biliar
  • Fecaloma
  • Síndrome de Ogilvie
  • Doenças metabólicas

Sinais e sintomas

  • Cólica
  • Náuseas e vômitos (os vômitos são inicialmente com conteúdo gástrico, seguido de bile, chegando a característica fecalóide)
  • Ausência de flatos e fezes
  • Distensão abdominal
  • Hipertimpanismo
  • No início do quadro pode haver aumento de ruídos hidroaéreos e posteriormente redução e ausência.
  • O paciente também pode relatar diarreia explosiva (paradoxal), o que não exclui o abdome agudo obstrutivo.

Nível da obstrução

Obstrução alta

A obstrução ocorre acima da válvula ileocecal (delgado).

Na obstrução alta os vômitos são precoces e a parada da eliminação de gases e fezes ocorre tardiamente.

O paciente pode apresentar alcalose metabólica, devido a perda de ácido no vômito.

Obstrução baixa

A obstrução ocorre abaixo da válvula ileocecal (cólon).

Na obstrução baixa, inicialmente ocorre parada da eliminação de flatos e fezes e tardiamente os vômitos, que podem ser fecalóides.

A distensão abdominal na obstrução baixa é importante.

Os pacientes podem cursar com acidose metabólica, devido a perda de bicarbonato.

Tipos de obstrução

Obstrução simples

Há sofrimento de alça, isquemia e peritonite.

Obstrução mecânica

Há um obstáculo físico à passagem do bolo alimentar.

Exemplos: tumor, intussuscepção, volvo, bolo de áscaris.

Obstrução funcional

Corresponde a alteração na peristalse.

Por exemplo: íleo paralítico (frequente no período pós-cirúrgico) e alteração de potássio.

Obstrução em alça fechada

Ocorre oclusão em 2 pontos diferentes do trato intestinal (pontos proximal e distal- válvula ileocecal e sigmoide). Nesse caso, diz-se que a válvula ileocecal é competente e o fluxo é unidirecional, impedindo o retorno do conteúdo para o delgado.

Quando a válvula ileocecal é INCOMPETENTE, as fezes podem retornar para o delgado e ocorrer o vômito fecalóide.

Analisamos a obstrução em alça fechada no raio x de abdome, onde podemos ver a distensão do ceco ou volvo de sigmoide.

Atenção: se o ceco apresentar distensão acima de 12 cm, ele está em iminência de rotura e é indicação de laparotomia.

Exames de imagem

Radiografia simples de tórax e abdome

  •    Raio-x de tórax póstero-anterior em posição ortostática;
  •    Raio-x de abdome anteroposterior em decúbito dorsal;
  •    Raio-x de abdome anteroposterior em posição ortostática.

Se o paciente não conseguir ficar em pé, fazer o raio x em decúbito lateral esquerdo.

Tomografia de abdome

Se não houver resolução do quadro em 48 horas após inicio do tratamento clínico ou de acordo com a suspeita clínica do paciente.

Os sinais tomográficos de obstrução intestinal são: dilatação das alças de delgado, com calibre superior a 2,5cm, nível hidroaéreo no seu interior e desproporção com segmento de alça distal com calibre normal indicando o nível da obstrução.

A USG não tem utilidade em casos de abdome agudo obstrutivo.

Achados característicos do abdome agudo obstrutivo

Sinal do empilhamento de moedas (dilatação das alças intestinais)

Setas azuis: dilatação das alças intestinais. setas amarelas: sinal do empilhamento de moedas. Ocorre nos casos de obstrução alta (intestino delgado). Fonte: https://www.sanarmed.com/obstrucao-de-intestino-delgado-caso-clinico

Níveis hidroaéreos

Há uma divisão exata entre o líquido e o gás dentro do lúmen intestinal.

Obstrução intestinal. RX de abdome em decúbito dorsal e em ortostatismo. a) Radiografia em decúbito evidenciando distensão difusa de alças intestinais e b) radiografia em ortostatismo: presen­ça de níveis hidroaéreos na mesma alça e níveis diferentes, difusos pelo abdome(setas). Fonte: Diagnóstico por Imagem no Abdome Agudo não Traumático

Sinal da dupla bolha gástrica

Indica atresia de duodeno.

Fonte: Figueiredo S. Atresia do trato gastrintestinal: avaliação por métodos de imagem. Radiol Bras vol.38 no.2 São Paulo Mar./Apr. 2005.

Sinal do grão de café

Indica volvo de sigmoide.

Fonte: https://www.startradiology.com/internships/internal-medicine/abdomen/abdominal-x-ray/index.html
Volvo de sigmoide. Fonte: https://www.startradiology.com/internships/internal-medicine/abdomen/abdominal-x-ray/index.html

Obstrução intestinal por volvo

Obstrução intestinal por volvo. a) TC corte axial demonstra distensão de alças com nível hidroaéreo (setas brancas) e segmento normal de cólon (setas amarelas); b) Reconstrução no plano coronal evidenciando o local do volvo (seta curva amarela). Fonte: Diagnóstico por Imagem no Abdome Agudo não Traumático

Tratamento

  • Reposição hídrica vigorosa.
  • Reestabelecimento hidroeletrolítico.
  • Jejum e descompressão do trânsito intestinal por sonda nasogástrica por 24 a 48h.
  • Analgesia.
  • Nos pacientes sem resolução ou melhora progressiva, deve-se avaliar a necessidade de tratamento cirúrgico para lise de aderências.
  • Pacientes com peritonite, isquemia, iminência de rotura do cólon devem ser submetidos a laparotomia.

Curso gratuito em Medicina de Emergência

Confira também nosso CURSO GRATUITO EM MEDICINA DE EMERGÊNCIA.

Referências

Kendall, J. & Moreira, M. (2020). Evaluation of the adult with abdominal pain in the emergency department. In R Hockberger (Ed.). Uptodate.

Twonsend CM et al. SABISTON – TRATADO DE CIRURGIA. 18° Edição. Elsevier;. Rio de Janeiro – RJ. 2010

Monteiro A, Lima C e Ribeiro E. Diagnóstico por imagem no abdome agudo não traumático. Revista do Hospital Universitário Pedro Ernesto, UERJ, 2009.

Brunetti A, Scarpelini S. Abdomen agudo. Medicina, Ribeirão Preto, 2007.

Crédito:

Computador foto criado por kjpargeter – br.freepik.com

Compartilhe com seus amigos:
Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.