Residência Médica

As melhores residências médicas em Cirurgia Plástica | Ligas

As melhores residências médicas em Cirurgia Plástica | Ligas

Compartilhar

 As melhores residências em cirurgia plástica representam serviços que oferecem ao residente, de forma coordenada entre o ensino teórico-prático e a experiência de atuação em campo, a vivência de entendimento do perfil do paciente da cirurgia plástica, com maior exigência e trabalho com a autoestima, e acesso às modalidades de estética e cirurgia reparadora. São serviços que visam e proporcionam a formação de um profissional pró-ativo em decisões de campo e que saiba ter senso estético apurado e equilibrado, além de saber ouvir seu paciente e trabalhar em prol da satisfação e da saúde do mesmo.

No Brasil, ambas as modalidades da cirurgia plástica têm crescido muito em função da divulgação da beleza midiática e do desenvolvimento e chegada no país de técnicas cirúrgicas mais desenvolvidas e seguras. Atualmente, estima-se um total aproximado 6500 cirurgiões plásticos, entre titulares, associados e aspirantes a membros titulares, cadastrados pelas unidades federativas brasileiras, o que representa o ganho de espaço da especialidade; sendo 194 vagas por ano para residências na especialidade pelo país.

O cirurgião plástico pode seguir carreira adentrando o serviço do SUS, podendo atuar no pronto socorro, na unidade de queimados, enfermaria, ambulatório e no centro cirúrgico, ou ainda atender na rede privada e em consultório, sendo que a especialidade ainda apresenta pouco vínculo com planos de saúde. A remuneração média do profissional da cirurgia plástica se encontra entre R$ 18.000 por 20 horas semanais de atuação. 

Metodologia

Determinar a melhor residência na especialidade de Cirurgia Plástica é um trabalho árduo e minucioso. Neste momento, apenas apontaremos os melhores programas, com base na expertise dos especialistas entrevistados e critérios objetivos. 

Segundo uma tabela divulgada pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) em julho de 2020, onde avaliam-se apenas serviços credenciados pela SBCP, são levados em conta os seguintes critérios:

  • Média das notas das provas dos R2 durantes os congressos do DESC – Descritores em Ciências da Saúde;
  • Média das notas das provas dos R3 durantes os congressos do DESC;
  • Média das notas dos exames de especialista;
  • Soma das médias das notas dos anos de 2017/2018/2019.

Dessa forma, os melhores serviços classificados foram, em ordem: 

Serviço de Cirurgia plástica e reparadora da Universidade Federal do Paraná 

Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná é o hospital universitário da faculdade de medicina da UFPR e sua sede está localizada na cidade de Curitiba, capital do Paraná, sendo o maior hospital do estado. O serviço de residência em cirurgia plástica apresenta o prérequisito de título em cirurgia geral, mas não possui prova prática. O programa é coordenado, atualmente, pelo Prof. Dr. Renato da Silva Freitas.

Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital Universitário de São José do Rio Preto 

Hospital de Base de São José do Rio Preto é o hospital vinculado à Faculdade de Medicina de Rio Preto (FAMERP). Oferecendo um serviço de atendimento completo tanto a pacientes do SUS quanto conveniados, o Hospital de Base é um dos únicos centros regionais a oferecer todos os serviços de cirurgia plástica a seus pacientes, tendo atenção especial nas cirurgias funcionais a usuários do SUS. A cirurgia plástica também atua diretamente com as equipes de atendimento ao trauma e, em casos de traumas de face, conta com uma equipe especializada de odontologistas que atuam com pacientes em casos de reconstrução mandibular e outras complicações.

Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital Regional da Asa Norte – HRAN -Brasília DF

Hospital Regional da Asa Norte (HRAN), em Brasília, é uma das instituições geridas pela Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal (SES-DF). O hospital é considerado de referência no tratamento de queimados, procedimentos de reparo em lábio leporino e cirurgia bariátrica. O serviço de residência oferece uma bolsa de, aproximadamente, R$ 3000 e tem como ponto positivo, indicado pelos residentes, a possibilidade de deixar o residente coordenar o serviço sem o preceptor em determinados momentos. A instituição oferece 2 vagas por processo seletivo. 

Conceito da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP)

Sendo uma das maiores associações mundiais da especialidade, a SBCP tem, como missão, incentivar o aumento da qualidade dos atendimentos oferecidos aos pacientes, pela promoção de altos padrões de treinamento, ética no exercício profissional e pesquisa científica. Para ingressar na SBCP, o aspirante deve ser médico com especialização de 2 anos em cirurgia geral, 3 anos de cirurgia plástica em serviço credenciado pela SBCP e/ou MEC, e prestar e ser aprovado em prova escrita e oral.

 A SBCP possui a Fundação IDEAH, que objetiva incentivar o estudo dentro da cirurgia plástica, assim como facilitar a realização de cirurgias reparadoras na população carente. Em diversos eventos científicos, a Fundação IDEAH organiza, junto à secretaria de saúde local e a regional da SBCP, um mutirão de cirurgia reparadora para beneficiar pessoas que aguardam por algum procedimento na rede pública de saúde.

Conclusão sobre as melhores residências em Cirurgia Plástica

Atualmente, o mercado da Cirurgia Plástica tem crescido muito e estado envolvido em polêmicas quanto à possibilidade de exercício de determinados procedimentos por diversos outros profissionais em ambientes e contextos distintos; o que aumenta a importância de se escolher um programa de residência de referência e completo que proporcione o conhecimento e experiência necessários para o exercício da profissão e a possibilidade de formação de senso crítico e social do médico.  

 Sendo programas aliados à tecnologia e atualizações científicas na área, a cirurgia plástica consegue nortear serviços de residência que preparem o médico especialista tanto para uma realidade de inserção da área nas tecnologias de informação e comunicação, quanto para a comunicação efetiva com o paciente na realização de atendimentos e procedimentos de alta demanda técnica do profissional. 

Conforme opinião de profissionais especialistas na área, a residência médica em cirurgia plástica credenciada pela Comissão Nacional de Residência Médica e pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica constitui excelente forma de capacitação profissional por propiciar um processo de aprendizagem baseado na prática médica supervisionada, em troca de conhecimentos e experiência, a observação do modo de agir do preceptor diante de diferentes casos, a orientação para o estudo, visando à estruturação da linha de pensamento clínico-cirúrgica, conferindo, ao final, o título de especialista ao residente. 

Segundo a Rede de Observatório de Recursos Humanos em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo em média 82% dos residentes continuaram na mesma Unidade da Federação onde fizeram a residência. Já que no Brasil existem excelentes programas de Residência Médica em diferentes Unidades da Federação, um dos critérios importantes que o candidato deve considerar é o desejo de permanecer no local onde realiza a residência médica após o término da sua formação, sem esquecer da possibilidade de buscar exercer a especialidade em região onde existe carência dessa especialidade.

Autores e revisores

Autora: Nina Vasconcelos Gimenes – @ninagimenes_

Revisor: Felipe Durães – @felipeduraes.ofc

Orientador: Dr Jefferson Lessa Soares de Macedo

Liga Médico-Acadêmica de Cirurgia Plástica do Distrito Federal – @limacipdf

Gostou da postagem? Quer ter a sua liga postando no Sanarmed também? Clique no botão abaixo e participe!

Confira o vídeo:

Referências

HRAN: residência médica em Brasília

Cirurgia Plástica

SBCP

https://www.hospitaldebase.com.br

http://www.saude.df.gov.br/carta-servicos-hran/

Compartilhe com seus amigos:
Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.