Livros de Medicina para Iniciantes

Quando você já está mais avançado no curso, é mais fácil tomar suas próprias decisões de material de estudo. Porque a experiência na faculdade te ensina o que você vai precisar. Entretanto, para os iniciantes, o momento de escolher por onde estudar é muito mais difícil. Então, nesse texto você terá dicas de livros de Medicina para iniciantes. Primeiramente, é preciso saber que não existe livro perfeito. Ou seja, vai depender da sua necessidade e do quanto o livro vai ser útil pra você. Então não tenha essa lista como obrigação de ter um desses livros, mas sim como uma sugestão. Cabe a você saber como esses livros podem te servir. Então presta atenção em tudo sobre esses livros de Medicina para iniciantes! Mapas Mentais da Medicina Acesse aqui! Caso você ainda não tenha tido contato com mapas mentais no seu curso de Medicina, logo você terá. Mas não precisa esperar nem mais um segundo pra aproveitar o máximo possível dessa ferramenta. Nós já falamos sobre os mapas mentais nesse post. Mas, em resumo, são resumos visuais que facilitam a absorção do conhecimento através de termos chave. Além disso, são excelentes opções de consulta e de estudo de revisão. Vale muito a pena dar uma olhada em mapas mentais sobre os temas que você precisa estudar, testando o aprendizado. Mas por que ele está entre os livros de Medicina indicados para iniciantes? Além das vantagens dos mapas mentais para os estudos, esse livro é útil para todo o curso, contendo divisões para o Ciclo Básico e Ciclo Clínico, além de reunir todas as doenças mais importantes para o internato. Ou seja, ele não vai ficar largado na

Carreira Médica

3 minhá 42 dias

O que um calouro de Medicina deveria ter?

Você finalmente passou no vestibular tão sonhado e é oficialmente um calouro de Medicina! Mas e agora? Quais materiais você precisa comprar? Onde encontrar um bom material de estudo? Primeiramente, é preciso entender que todos os calouros começam do zero. Então não se preocupe se estiver perdido. Além disso, é importante que você converse com colegas e veteranos pra saber melhor sobre a realidade da sua faculdade. Mas muitas coisas são comuns entre todas as formações médicas, e é bom que você conheça elas. Então presta atenção nessas dicas de o que um calouro de Medicina deveria ter! Calouro de Medicina precisa comprar materiais médicos? Após ver seu nome na lista de aprovados, já bateu a ansiedade pra comprar um esteto, um jaleco, um oxímetro e já se sentir como médico? Calma! É bem possível que você não precise desses materiais logo no início do curso. O item mais comum que é exigido de um calouro de Medicina é o tão sonhado jaleco branco, então esse você já pode começar a providenciar. Descubra com a sua faculdade se eles demandam algum bordado específico. Entretanto, com relação aos outros materiais, eles normalmente são usados em semestres mais avançados. Além disso, muitas faculdades têm materiais disponíveis para os alunos usarem, então descubra antes se os alunos precisam comprar ou não. As melhores plataformas online para calouros de Medicina O estudo digital é uma realidade cada vez mais comum na vida dos estudantes de Medicina. Como calouro, é bom que você experimente plataformas que facilitam os seus estudos e podem te ajudar a ter um Ciclo Básico mais produtivo. A primeira que recomendamos é

Carreira Médica

3 minhá 44 dias

Anatomia: o que você precisa saber

A anatomia é, provavelmente, a matéria mais importante do Ciclo Básico. Sem uma boa noção anatômica, você vai ficar pra trás em todas as matérias cirúrgicas e em várias áreas clínicas, como ortopedia, ginecologia, cardiologia, dentre outras. Ou seja, é muito importante que você termine as suas matérias de anatomia tendo uma boa noção da base dos assuntos. Assim, você garante que não irá precisar ficar estudando assuntos antigos para acompanhar a prática clínica e cirúrgica. Para que você garanta que vai terminar o Ciclo Básico com um certo domínio da anatomia, você precisa se atentar para algumas coisas. Nesse post, você verá algumas dicas para melhorar o seu estudo da anatomia e consiga aprender o mais importante de cada assunto. Então confira tudo que você precisa saber sobre anatomia! 1) Anatomia não se aprende sem estudar Pode parecer redundante falar isso, mas é muito importante que você estude anatomia. Com tantos conteúdos, entre órgãos e sistemas complexos, é bem fácil ficar bem perdido caso você não corra atrás de estudar os assuntos. Vamos supor que você falte uma aula, e era justamente a aula de músculos do antebraço. Na semana seguinte você teria uma prova de outra matéria, então não estudou o assunto perdido e acabou acumulando com outros assuntos. Na véspera da prova, por exemplo, você não vai conseguir aprender do zero todos os músculos, suas ações, origens e inserções. Assim, é bem importante que você tenha uma rotina para estudar os assuntos assim que tiver aula sobre eles. Caso contrário, você pode ficar sem nenhuma noção sobre um determinado assunto e pode ser muito difícil de recuperar depois. Além disso,

Carreira Médica

4 minhá 47 dias

Livros para calouros de Medicina: Vale a pena investir?

O primeiro ano de Medicina é um dos anos mais marcantes de toda a sua formação. Além de toda a alegria por ter passado no curso dos sonhos, é o período de adaptação à nova realidade de estudos. Nesse cenário, uma dúvida muito frequente é se vale a pena investir em livros para calouros de Medicina. Existem vários fatores que você, calouro, deve levar em conta. Então, saiba desde já que não existe resposta certa, e que é a sua realidade que vai determinar se vale a pena ou não investir. Cada estudante vai ter a sua forma de estudar, a sua condição financeira, a sua afinidade por livros de papel ou por e-books. Ou seja, cada pessoa é diferente e deve estar atenta para suas próprias peculiaridades. O autoconhecimento é fundamental! Assim, confira abaixo o que você deve considerar antes de tomar a sua decisão final. Livros para calouros de Medicina são caros? Nós já discutimos os preços dos livros de Medicina nesse post aqui. Mas de uma forma geral, os livros de Medicina mais conhecidos costumam ser muito caros, bem além da realidade financeira de um estudante. Especialmente falando de estudantes dos primeiros semestres do curso, não são poucos os calouros que investem muito dinheiro em um livro que julgam que será importante e que acaba sendo um desperdício. Comprar um livro renomado de Anatomia ou Fisiologia, por exemplo, não costuma ser o investimento de maior retorno. Em média, o material de estudos recomendado pelos professores do Ciclo Básico custam entre 500 e 700 reais cada um. Se o calouro achar que deve comprar um livro de cada matéria, facilmente gasta mais de 2.000

Carreira Médica

4 minhá 57 dias

Estudar Anatomia: Um guia para quem está começando

A Anatomia é uma das matérias mais importantes do Ciclo Básico de Medicina. Se você é calouro ou está nos primeiros semestres do curso, então você já está vendo as dificuldades dessa matéria. Assim, é importante que você encontre a forma certa de estudar Anatomia. Esse guia tem como objetivo te ajudar a encontrar uma maneira de aprender, de uma vez por todas, todos os assuntos da Anatomia. Mas vale lembrar que nenhum método de estudos é receita de bolo, ou seja, não veja essas dicas como a única forma de você conseguir estudar. O importante, então, é que você conheça alguns métodos possivelmente eficazes e tente aplicar os que você se identificar mais. O guia está dividido em: primeiros passos; por onde estudar; ossos e músculos; anatomia de sistemas; e neuro. Confira agora cada um desses tópicos! Estudar Anatomia: Primeiros passos Existem algumas coisas importantes para ter em mente ao começar a estudar Anatomia. Vamos detalhar cada um desses tópicos, mas, em resumo, essas são os pontos principais para quem está começando: Anatomia é uma matéria visual.Nenhuma estrutura existe sozinha.A Anatomia deve ser estudada de forma aplicada. A partir desses 3 tópicos, você é capaz de começar com o pé direito no estudo da Anatomia. Anatomia como uma matéria visual Dentro da Anatomia, você irá estudar: relevâncias anatômicas; nomes de estruturas; relações entre elas; inervação; vascularização e diversas outras coisas. Tudo isso ira exigir de você uma boa noção espacial. Para entender, por exemplo, a disposição de cada órgão do abdome, você precisa conhecer suas formas, a localização e os referenciais anatômicos de cada estrutura. Portanto, para estudar anatomia, você

Carreira Médica

6 minhá 68 dias

Inatividade física e suas repercussões metabólicas negativas na pandemia | Colunistas

As providências para reter a pandemia do COVID-19 integram confinamento e outros meios de isolamento físico. Esses métodos provocaram preocupações sobre a diminuição de exercícios físicos com consequências negativas para a saúde. Para que isso não ocorresse na quarentena, dispusemos de diversas instruções remotas para a prática de atividade física em casa, como yoga, alongamento, dança e pilates. Já é sabido, por diversos estudos, que os benefícios da atividade física contribuem para a redução de patologias e mortalidade. Além das associações entre a aptidão mitocondrial e cardiorrespiratória, e sua influência na atuação do sistema imunológico e na resposta antiviral do hospedeiro, pouca relevância tem sido dada ao seu potencial para modular a vulnerabilidade e a gravidade do COVID-19. Atividade física mantém as mitocôndrias em forma É evidente que manter-se em casa nesse momento de pandemia, sem muita interação social, nos provoca angústia e ansiedade. Diversos estudos já citaram a prática física, cautelosamente efetuada, colaborando para a melhoria do humor e reduzindo a ansiedade e depressão. Ademais, nem todos dispõem de equipamentos para se exercitar, como bicicleta ergométrica, esteira, entre outros. Mas as mídias sociais realizaram a democratização de atividades que você pode fazer na sua casa, como execuções endurance, subindo e descendo as escadas, e pulando corda com orientações ao vivo em vídeo conferências. Ao abordar sobre o aumento da imunidade procedente do exercício físico em quarentena, você compreende que a bioquímica, mesmo que complexa, é importante para entender a atuação metabólica do nosso corpo. A atividade física permite que as mitocôndrias sejam treinadas para a aptidão mitocondrial, combinando sua integridade, eficiência e adaptação dinâmica aos estressores. As mitocôndrias controlam uma vasta gama de processos celulares, incluindo a geração do ATP, a diferenciação celular, a apoptose e a ativação

Megan Grazielly

7 minhá 69 dias
Filtrar conteúdos
Filtrar conteúdos
Materiais
Áreas
Ciclos da medicina
Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.