Hematologia

Resumo de Anemias | Ligas

Resumo de Anemias | Ligas

Compartilhar

SIMULI

3 minhá 43 dias

Definição:

Número reduzido de glóbulos vermelhos circulantes (ou seja, uma massa reduzida de glóbulos vermelhos).

Principais causas:

Deficiência de ferro (29%), doença crônica (27,5%), hemólise (17,5%), sangramento agudo (17,5%) e outras (9%).

Principais sinais e sintomas:

Fadiga, fraqueza, palidez cutâneo mucosa, dispneia, palpitações, tontura, hipotensão postural, cefaleia, fraqueza muscular, problemas cognitivos, outros.

Pontos importantes a serem abordados na anamnese:

Duração dos sintomas, idade de início. História familiar, História ocupacional e hábitos domésticos. Hábitos sociais, as viagens às áreas endêmicas de malária ou de outros agentes infecciosos e a história de consumo de drogas. Dieta , assim como o hábito intestinal. Perdas sanguíneas pela menstruação e a história gestacional nas mulheres. Sangramentos gastrintestinais em todos os pacientes devem ser cuidadosamente averiguados. Coloração da urina (ver se há hemólise intravascular).

Exame físico:

  • – Icterícia: sugere hemólise ou eritropoese ineficiente;
  • Ausência ou redução de papilas linguais (língua lisa): sugere deficiência de vitamina B12 ou ácido fólico;
  • Quelite angular e alterações das unhas (coiloníquia): ocorrem na anemia ferropênica de longa duração;
  • Úlceras de perna em jovens: características das anemias hemolíticas constitucionais;
  • Palpação do fígado, do baço e dos linfonodos: pesquisa de infecção, linfoma, leucemias ou tumores metastáticos.

Exames laboratoriais:

Hemograma (Hemoglobina, Hematócrito, Contagem de eritrócitos, HCM, VCM, CHCM, contagem de reticulócitos), RDW, e a presença de eventuais alterações morfológicas que, por si só, podem sugerir o diagnóstico.

Classificação Morfológica: Baseia-se nos índices hematimétricos.

  • Microcíticas (VCM < 80 fl);
  • Macrocíticas (VCM > 95 fl);
  • Normocíticas (VCM 80 a 95 fl).
  • Hipocrômica (HCM <28 g/dl)
  • Normocrômica (HCM 28 – 34 g/dl)
  • Hipercrômica (HCM > 34 g/dl)

Classificação quanto à patogenia:

Do ponto de vista fisiopatológico, as anemias classificam-se em:

  • Anemias por falta de produção ou hiporregenerativas
  • Anemias por excesso de destruição ou regenerativas
  • Anemias por perdas sanguíneas

Autores, revisores e orientadores:

Autora: Raquel Bonicenha – @raquelbonicenha

Revisora: Klysmeynny Rosa Pasolini- @kikipasolini

Orientador: Paulo Alves Bezerra Morais

Liga acadêmica de Simulação Realística do Espírito Santo – SIMULI

Referências:

  • 1. SCHRIER, Stanley L.; MENTZER, William C.; LANDAW, Stephen A. Approach to the adult patient with anemia. UpToDate.com. Acesso em 21 Nov. 2020 em https://www.uptodate.com/contents/approach-to-the-adult-with-anemia
  • 2. ARNOLD, Donald M.; GEORGE, J. N. Approach to the adult with unexplained thrombocytopenia. Uptodate https://www. uptodate. com/contents/approach-to-the-adultwith-unexplained-thrombocytopenia Acessado em novembro, 2020.
  • 3.  GOLDMAN, Lee; AUSIELLO, D.A. (Ed.). Cecil Medicina. 23 ed. Rio de Janeiro, RJ: Elsevier Saunders, c2009. 2v.
Compartilhe com seus amigos:
Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.