Banner referente à publicação Sanar lança conteúdos gratuitos de preparação para Residência Médica
Sanar lança conteúdos gratuitos de preparação para Residência Médica
Imagem de perfil de Sanar
Sanar
Banner referente à publicação Medicina Baseada em Evidências: como aplicar na prática
Medicina Baseada em Evidências: como aplicar na prática
Imagem de perfil de Sanar Cursos
Sanar Cursos
Banner referente à publicação Tem como dar plantão e estudar para a prova de residência?
Imagem de perfil de Sanar Residência Médica
Sanar Residência Médica
Tem como dar plantão e estudar para a prova de residência?
Banner referente à publicação Segurança nas emergências médicas: como desenvolver
Imagem de perfil de Carreira Médica
Carreira Médica
Segurança nas emergências médicas: como desenvolver
Banner referente à publicação Desinformação é um dos grandes vilões da pandemia; entenda o cenário
Imagem de perfil de Sanar
Sanar
Desinformação é um dos grandes vilões da pandemia; entenda o cenário

Genômica e Medicina de Precisão | Colunistas

As evoluções provenientes do Projeto Genoma Humano (PGH) e seus inúmeros avanços inauguram a nova era da medicina de precisão que, embora ainda seja uma ferramenta em lapidação, vem se tornando realidade no tratamento individualizado usando como base a análise genética do paciente, o que possibilita a escolha de alimentos, medicamentos e estilo de vida personalizado. O genoma é o conjunto de DNA do ser vivo, formado pela ligação sequencial de moléculas denominadas nucleotídeos. Essas sequências são responsáveis pelas características individuais de cada um, expressando as qualidades físicas, assim como alterações que podem desencadear doenças. Uma breve história do Projeto Genoma Humano Na década de 1980 um consórcio público internacional, liderado pelo National Human Genome Research Institute (NHGRI), impulsionou investimentos em pesquisas genéticas, propiciando o surgimento do Projeto Genoma Humano (PGH) que se iniciou apenas em 1990. O objetivo central  do projeto era realizar o sequenciamento completo do genoma humano para construir uma base informacional aberta que contribuísse para o desenvolvimento da medicina. Reunindo equipes de pesquisa e laboratórios em diversos países, a estimativa era de uma pesquisa de alto custo e de no mínimo 15 anos para sua conclusão. O projeto terminou com a apresentação do rascunho do genoma na cerimônia do ano 2000 na Casa Branca e sua primeira publicação ocorreu em fevereiro de 2001 nas revistas Nature e Science. A conclusão oficial do projeto aconteceu em 2003. O projeto mostrou que os humanos têm genomas 99,9% idênticos e preparou o terreno para desenvolver um catálogo de genes que permitiram entender a complexa coreografia envolvida na expressão gênica. Disponível em: https://www.nature.com/search?q=genomic+project+human&journal= Por que estudamos os genomas? No genoma humano estão todas as instruções para gerar

Henrique Grossi

4 min há 14 horas

Amenorreia | Colunistas

Ausência da menstruação de forma temporária ou definitiva durante o período reprodutivo. Pode ser classificada em primária ou secundária para descrever, respectivamente, a ausência de menstruação sem a ocorrência de menarca ou após a menarca. A amenorreia pode aparecer de maneira abrupta ou ser insidiosa, precedida ou entremeada por períodos de outros distúrbios menstruais menos severos como a oligomenorreia ou polimenorreia. A falta da menstruação pode ter significados importantes do ponto de vista clínico, pois pode ser, como na maioria das vezes, um problema relativamente simples, ou então representar o primeiro sinal de uma doença mais grave. Amenorreia fisiológica: antes da menarca (sem características sexuais), durante a gravidez, lactação e após a menopausa. Amenorreia primária Ausência da primeira menstruação em paciente que nunca menstruou, mas que deveria ter menstruado. Meninas de 14 anos, que não apresentam caracteres sexuais, nem menstruação ou que tem 16 anos, apresentam caracteres sexuais, mas sem menstruação. Amenorreria secundária Paciente que já menstruou e de repente não menstrua mais. Período de no mínimo 3 ciclos consecutivos para mulheres com ciclos regulares e 6 meses para as com ciclos irregulares ou menos de 9 menstruações ao ano. Quando a ausência de menstruação ainda não atingiu este limite temporal, define-se de atraso menstrual. OBS:A primeira conduta nas amenorreias secundárias é excluir gravidez, depois faz dosagem de prolactina e do TSH (hormônio tireotrófico) – os valores aumentados direcionam para hipertireoidismo primário ou hiperprolactinemia. Causas secundárias 1. Hipotalâmicas; 2. Hipofisárias; 3. Ovarianas; 4. Uterovaginais; 5. Doenças sistêmicas;

Bianca Santos

7 min há 20 horas

Residência Médica do Hospital Universitário São Francisco de Paula (HUSFP/UCPEL)

Saiu o edital 2022 de residência médica do e Residência Médica do Hospital Universitário São Francisco de Paula (HUSFP/UCPEL)!!! O Hospital Universitário São Francisco de Paula é referência em várias especialidades, possui uma UTI Pediátrica e uma Neonatal, além de uma Semi-Intensiva Pediátrica. É certificado como Hospital Amigo da Criança e possui o Troféu Prata do Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade (PGQP). São 5,1 mil internações, 1,9 mil partos e 5,8 mil cirurgias por ano. A UCPel possui uma estrutura que contempla um Hospital Universitário, quatro Unidades Básicas de Saúde próprias credenciadas para Estratégia de Saúde da Família, ambulatórios com atenção básica e especializada e Centro de Atenção Psicossocial (CAPs Adulto e Infantil). Anualmente, são oferecidas vagas em programas de residência das seguintes especialidades: – Cirurgia Geral– Ginecologia e Obstetrícia– Clínica Médica– Medicina de Família e Comunidade– Nefrologia– Medicina Intensiva– Neonatologia– Medicina Intensiva Pediátrica– Pediatria Cronograma do edital 2022 Confira as principais datas do certame: Divulgação do edital: 09/09/2031Período de Inscrição: 13/09/2021 a 14/10/2021Taxa de Inscrição: R$ 250Prova Objetiva: 14/11/2021Gabarito: 16/11/2021Período de recursos: 17 e 18/11/2021Resultado da prova: 6/12/2021Resultado Final: 14/12/2021Início das atividades: 1/03/2022 As inscrições serão feitas através dos sites www.amrigs.org.br, www.acm.org.br e www.amms.com.br. Processo Seletivo da residência médica do Hospital Universitário São Francisco de Paula O Processo Seletivo ocorrerá em etapa única, que será a Prova Teórico-Objetiva da Prova AMRIGS/ACM/AMMS 2021. A data da prova é 14/11/2021. Será considerado aprovado na seleção o candidato que obtiver nota maior ou igual a 40 pontos na Prova AMRIGS/ACM/AMMS 2021. Aqueles que não atingirem este mínimo será eliminado do processo seletivo. Em

Sanar Residência Médica

1 min há 20 horas

Residência médica do Hospital de Base Ary Pinheiro (SESAU/HBAP)

Saiu o edital 2022 de residência médica do Hospital de Base Ary Pinheiro (SESAU/HBAP) e do Centro de Medicina Tropical de Rondônia-CEMETRON!!! O Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro (HBAP), em Porto Velho, é referência em atendimentos na região Norte. Em junho deste ano, governo de Rondônia, por meio da Secretaria Estadual da Saúde, crioumais 49 leitos clínicos, sendo quatro leitos semi-intensivos. O HBAP oferece residência para especialdiades de acesso direto, pré-requisito em cirurgia geral e em pediatria. Cronograma do edital 2022 O edital de residência médica foi lançado no dia 13 de setembro e as principais datas do certame você confere logo abaixo: Divulgação do edital: 13/09/2031Período de Inscrição: 13/09/2021 a 14/10/2021Taxa de Inscrição: R$ 300Prova Objetiva: 14/11/2021Gabarito: 16/11/2021Período de recursos: 17 e 18/11/2021Resultado da prova: 09/12/2021Entrevista e análise de currículo: 16 e 17/12/2021Resultado Final: 05/01/2022Matrícula: 10/01 a 14/01/2022 As inscrições serão feitas através dos sites www.amrigs.org.br, www.acm.org.br e www.amms.com.br. Processo seletivo residência médica do Hospital de Base Ary Pinheiro O Processo Seletivo Público será realizado: a) Primeira Etapa: prova teórico-objetiva de caráter eliminatório e classificatório. O não comparecimentodo candidato acarretará a sua eliminação; a.1) A nota mínima necessária para classificação na prova teórico-objetiva e para classificação para a segunda etapa do processo seletivo será de, no mínimo, 50% do valor total da prova, tanto para a prova de acesso direto quanto para a prova de pré-requisito. b) Segunda Etapa: Entrevista e avaliação de curriculum vitae (anexo III) realizada por banca examinadora composta por 03 (TRÊS) membros com nota de 0,0 (zero) a 10,0 (dez), deverá ser presencial, a realizar-se em data a ser

Consequências da ausência de uma rotina alimentar para adolescentes | Colunistas

Adolescência A adolescência é frequentemente associada a um período do desenvolvimento humano marcado por transformações biológicas e psíquicas geradoras de inquietudes e sofrimento, sendo a emergência da sexualidade e a dificuldade em estabelecer a própria identidade alguns dos elementos associados a essa fase. Para a Organização Mundial de Saúde (OMS) esta fase é compreendida por tempo cronológico de 10 a 19 anos de idade, sendo dividida em duas fases: de 10 a 14 anos e de 15 a 19. A fase de 10 a 14 anos é caracterizada por um período de elevada demanda nutricional já que é nesta fase que se iniciam as mudanças puberais. Todas as transformações da adolescência têm efeito sobre o comportamento alimentar, influenciado por fatores internos, auto-imagem, necessidades fisiológicas e saúde individual, valores, preferências e desenvolvimento psicossocial; e por fatores externos, hábitos familiares, amigos, valores e regras sociais e culturais, mídia, modismos, experiências e conhecimentos do indivíduo (Farthing, 1991). A família é a primeira instituição que tem ação sobre os hábitos do indivíduo. É responsável pela compra e preparo dos alimentos em casa, transmitindo seus hábitos alimentares às crianças. Os adolescentes tendem a viver o momento atual, não dando importância às consequências de seus hábitos alimentares, que podem ser prejudiciais para sua saúde. Impacto nutricional Os adolescentes passam, gradativamente, maior tempo fora de casa, na escola e com os amigos que, também, influenciam na escolha dos alimentos e estabelecem o que é socialmente aceito. É característica da alimentação desses jovens (e da vida moderna) o consumo de lanches e fast foods, entre as refeições  Esta atitude pode ser justificada pela falta de tempo disponível para dedicar a uma refeição, preferências individuais, modismo

Maria Gabryella Curi

5 min ontem

Pediatria: qual é o melhor tratamento para a otite média aguda recorrente?

Entender qual é o melhor tratamento para a otite média aguda (OMA) é essencial, principalmente para atuação em pediatria. A OMA é um  dos principais motivos de atendimento médico e uso de antibióticos desta especialidade. A doença acomete principalmente pacientes de 6 a 12 meses de idade. Além disso, ela  é a principal causa de perda auditiva em crianças.  O que é a otite média aguda e como deve ser tratada? A doença geralmente é decorrente da obstrução da Tuba de Eustáquio, causada por uma infecção viral das vias áreas superiores. A OMA é considerada recorrente quando ocorrem três episódios em seis meses ou quatro episódios em 12 meses, com pelo menos dois episódios com intervalo inferior a seis meses.  As crianças que apresentam o primeiro episódio de OMA antes dos 12 meses de vida estão mais susceptíveis ao quadro recorrente. A otite média aguda recorrente (OMAR), além dos sintomas do quadro agudo, causa secreção persistente com diminuição da audição e pode levar à resistência bacteriana pelo uso frequente de antibióticos.  Vale ressaltar que a diminuição da audição nesta fase da infância pode ter sérias consequências. Afinal, as crianças estão aprendendo a se comunicar.  Diante do exposto, algumas estratégias terapêuticas foram propostas para o quadro de OMAR:  Uso de antibióticos profiláticos (proscrito)Timpanotomia com colocação de tubo de ventilaçãoTratamento com antibióticos em cada quadro agudo, isoladamente.  Análise das formas de tratamento para a otite  Com a ausência de dados robustos na literatura sobre qual seria a melhor opção terapêutica para estes casos, foi realizado um ensaio clínico randomizado (RCT, do inglês randomized clical trial). Ele foi  publicado em maio

Sanar

6 min ontem

Gasometria arterial e equilíbrio ácido-básico: definição, parâmetros e interpretação

Gasometria arterial é um exame no qual a coleta é de fácil realização e o resultado rápido. Portanto, o ideal é que a sua interpretação ocorra do mesmo jeito! Por isso, você deve sistematizar a análise da gasometria! O que é a gasometria arterial? A gasometria arterial é um exame de sangue coletado a partir de uma artéria, com a finalidade de identificar os distúrbios ácido-base. O aparelho de gasometria mede o pH e os gases sanguíneos sob a forma de pressão parcial do gás (pO2 e pCO2), ao passo que os demais parâmetros são calculados. Importante lembrar que se o objetivo for apenas medir o pH é possível fazer a gasometria venosa. Principais parâmetros Os principais parâmetros que observamos no exame de gasometria arterial são: pH, pCO2 (pressão parcial do gás carbônico), Saturação de Oxigênio (SaO2), HCO3 (bicarbonato) e Ânion Gap (AG). Entretanto, podemos encontrar outros parâmetros também como, por exemplo, a dosagem de alguns eletrólitos, são eles: sódio, potássio, cálcio iônico e cloreto, podendo variar devido ao gasômetro usado. Valores normais dos parâmetros avaliados pH = 7,35 – 7,45pCO2 = 35 – 45 mmHgHCO3 = 22 – 26 mEq/LAG = 8 – 12 mEq/L Interpretação da gasometria: Passo 1 Veja o pH na gasometria e identifique se o paciente está acidêmico ou alcalêmico. < 7,35: acidêmico.>7,45: alcalêmico. Interpretação da gasometria: Passo 2 Agora que você já sabe se o paciente está em acidose, alcalose ou com pH normal, analise a PaCO2 e o HCO3 e determine se eles estão nos valores normais. Se estiverem normais, a

Sanar Pós Graduação

6 min anteontem

Residência médica no Hospital Universitário Ciências Médicas

Saiu o edital de residência médica 2022 do Hospital Universitário Ciências Médicas (HUCM – MG)!!! O HUCM-MG é o Hospital Escola da Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais e contribui para a formação dos alunos da graduação e pós-graduação. Portanto, o hospital é uma instituição médica e acadêmica, que atende a população 100% através do sistema único de saúde (SUS). Desde 1990, faz parte da Fundação Educacional Lucas Machado (FELUMA), sendo hospital referência em ensino médico.  A estrutura ambulatorial do Hospital Universitário Ciências Médicas atende, em média, 5 mil consultas por mês e possui 16 consultórios. Cronograma do edital 2022 Confira abaixo o cronograma resumido do edital, com as principais datas: Período de Inscrição: 27/09 a 18/10/2021;Taxa de inscrição: R$ 395,00;Prova Objetiva: 31/10/2021;Divulgação do gabarito preliminar: 03/11/2021;Período de recursos: 04 e 05/11/2021;Divulgação do gabarito definitivo: 16/11/2021;Resultado final: 19/11/2021; O processo seletivo A  Fundação Educacional Lucas Machado (FELUMA), por meio do Instituto AGOS, é a instituição responsável pela realização do processo seletivo que dá acesso às vagas de residência oferecidas pelo Hospital Universitário de Ciências Médicas. O processo seletivo é constituído de etapa única, com aplicação de uma prova objetiva, contendo 75 questões de múltipla escolha para as vagas de acesso direto, e 50 questões de múltipla escolha para as vagas com pré-requisito.  As provas para o acesso direto versam sobre conhecimentos médicos nas áreas de Cirurgia Geral, Clínica Médica, Obstetrícia e Ginecologia, Pediatria, Medicina Preventiva e Social. Já a prova para especialidades com pré-requisito versam sobre conhecimentos médicos exclusivos da área do pré-requisito exigido para a especialidade escolhida. As provas objetivas serão

Sanar Residência Médica

1 min anteontem

Tire 10 nas provas da faculdade

Estude com as melhores aulas de professores padrão USP onde você estiver no SanarFlix.

Vídeo-aulas

Resumos

Mapas mentais

Fluxogramas

Questões comentadas

Cancele quando quiser

Política de Privacidade © Copyright, Todos os direitos reservados.