Carreira

Aprenda como construir uma carreira de sucesso na medicina

Aprenda como construir uma carreira de sucesso na medicina

Compartilhar
Imagem de perfil de Karol Barreto

Se há um assunto que ocupa o pensamento de todo estudante de medicina é como obter sucesso na sua carreira. Há tantos elementos a serem considerados, que às vezes nos sentimos como malabaristas tentando equilibrar todas as atividades, lutando para não deixar tudo desmoronar ao nosso redor.

Neste post iremos abordar alguns pontos essenciais na carreira médica. Além disso, mostrarei que é possível buscar o equilíbrio entre o sucesso profissional e pessoal.

O que é ter uma carreira de sucesso na medicina?

Antes de falarmos como buscar o sucesso na carreira médica, precisamos esclarecer no que consiste esta vida profissional bem sucedida. O conceito de sucesso pode ser muito subjetivo, variando de pessoa a pessoa. Dependendo da especialidade pretendida e do tipo de vida que um médico deseja ter. 

Para alguns, sabemos que ter uma carreira de sucesso consistirá em ser um médico renomado, com agenda do consultório lotada de pacientes e uma remuneração muito alta. 

Para outros o sucesso pode estar mais ligado na construção de uma carreira científica sólida. Torna-se referência de um determinado assunto para sua comunidade de colegas especialistas. Ser o palestrante mais aguardado em congressos e palestras da sua área. Publicar artigos importantes e contribuir para a evolução da ciência. 

O sucesso para o médico também  pode significar uma vida equilibrada. Ter tempo para o lazer, para atividade física, para a família e para outros hobbies. 

O que todos os médicos de sucesso tem em comum?

Independente do estilo de vida que você deseje levar, há uma coisa que sempre acompanhará o médico de sucesso. A capacidade de atender bem o seu paciente. Isto significa promover a resolução do problema pelo qual você foi procurado, criar uma boa relação com ele e saber aliviar a sua dor.

Atendê-lo bem não só te levará ao sucesso, mas também te dará aquela sensação de dever cumprido. Enxergar sentido no que se faz, ingrediente certamente necessário para manter a motivação na carreira. 

Bom, agora já pincelamos alguns perfis diferentes de sucesso (e pode haver muitos outros além destes mencionados). Vamos falar um pouco sobre como construir a base para uma carreira de sucesso, independente de qual seja o perfil que você deseja para si. 

Construindo uma boa jornada na faculdade

O sucesso que acompanha os bons médicos inicia-se 6 anos antes da sua formação. Isto mesmo, logo ao entrar na faculdade. É possível começar a dar os passos necessários, que no futuro culminarão em uma vida profissional bem sucedida.

Para te ajudar nesta missão, separei algumas dicas valiosas do que fazer. Confira:

Crie uma rotina de estudos

Em primeiro lugar, é necessário criar uma rotina de estudos. Quando falo “rotina de estudos”, não quero dizer estudar 8 horas por dia. O que é, obviamente, impossível diante da carga horária pesada do curso.

O que quero dizer é que é necessário criar o hábito de estudar todos os dias (ou quase todos os dias). A medicina não é apenas conteúdo, é verdade. Há muitas habilidades extracurriculares que são essenciais (já, já falaremos dela). 

Entretanto, para exercer a profissão de médico, se faz necessário obter conhecimento da técnica médica. Sem ela, você será apenas um cara legal, atendendo o seu paciente. E ele poderá até simpatizar com você inicialmente. Mas no momento em que perceber que você não foi competente o suficiente para resolver o seu problema, essa simpatia não conseguirá mantê-lo se consultando com você.

Não tem jeito, escolheu a profissão médica, saiba que lhe cabe ser um eterno estudante. E, tendo isto em vista, é bom que desde o início da faculdade você aceite este fato e inicie uma rotina de estudos. 

Participe de atividades extracurriculares

Tão importante quanto criar uma rotina de estudos é a participação em atividades extracurriculares. Estas atividades podem ser diversas: monitorias, ligas acadêmicas, congressos, iniciação científica e participação em pesquisas, estágios, etc. 

Estas são atividades que irão te ajudar a criar habilidades que geralmente não conseguem ser ensinadas, de forma satisfatória, durante as aulas da graduação. 

Confira detalhes sobre algumas opções de atividades extracurriculares:

Monitorias ajudam a melhorar didática e comunicação

Por exemplo, participar de uma monitoria irá lhe ajudar a pensar em formas mais didáticas de repassar aquele conhecimento que você tem aos seus colegas.

Essa habilidade é preciosíssima para o estudante de medicina. O mesmo sempre será requisitado a repassar o que aprendeu através de apresentação de trabalhos, seja na própria graduação, em congressos, ou até quando já estiver na residência médica.

Saber repassar uma informação difícil, da qual você possui maior conhecimento, de forma simples à alguém que não possui este conhecimento, é uma das tarefas mais desafiadoras. A monitoria pode ajudar muito a desenvolver essa habilidade. 

Além disso, irá te forçar a aprimorar sua capacidade comunicativa. Saber se comunicar na área médica é requisito imprescindível para se ter sucesso.

Sem comunicação adequada, um caso não é repassado de forma satisfatória. O seu paciente não te compreende, seu chefe não consegue perceber o seu nível de conhecimento. Saber se fazer compreender é essencial. 

Ligas acadêmicas 

Participar de ligas acadêmicas é outra atividade extracurricular que pode agregar muito, não só no seu currículo, mas na sua formação como médico.

As ligas permitem que você tenha, desde cedo, contato mais próximo com uma determinada área do conhecimento. Elas te ensinam a forma de se aprofundar em determinada matéria, que será a forma que você usará no futuro para se aprofundar na sua especialidade.

Geralmente, há discussões semanais sobre determinados temas, apresentações de artigos importantes da área, participação de professores e convidados nas sessões.

Tudo isto constitui oportunidade ímpar de aumentar o seu conhecimento. Aprimorar a habilidade de adquirir este conhecimento de forma mais profunda e, de quebra, já te dá oportunidade de fazer networking com convidados especiais.

Além disso, algumas ligas acadêmicas possuem trabalhos administrativos e de organização de eventos. O que te oferecerá a oportunidade de aprender coisas que você não veria na grade curricular do seu curso. 

Congressos

A participação nos congressos segue quase que a mesma lógica. Mas além de aprofundar conhecimentos sobre um determinado tema, os congressos te fornecem uma gigante oportunidade de networking.

Conhecer as principais autoridades de uma especialidade, de entender como os especialistas se reúnem para que o conhecimento naquela determinada área aumente.

É também uma ótima oportunidade para entender sobre metodologia científica. Apresentação de trabalhos em congressos, e como se portar no meio de pessoas com conhecimento muito acima do seu. 

Iniciação científica e participação em pesquisas

Todo médico bem sucedido, ainda que não siga a carreira de pesquisador, precisará ter um conhecimento adequado sobre metodologia científica. O conhecimento na medicina se solidifica e se renova a partir de artigos científicos. Saber lê-los e interpretá-los é tarefa essencial para o médico de sucesso. 

Você pode estudar metodologia científica através de aulas, artigos, livros, mas nada lhe dará um conhecimento tão solidificado como participar de uma pesquisa científica.

Colocar a pele em jogo, saber como funciona o dia-a-dia da vida do pesquisador. O trabalho árduo que envolve desenhar apropriadamente um estudo, montar um projeto, enfrentar a burocracia da aprovação do mesmo, realizar a coleta dos dados, processamento, análise estatística, redigir o artigo final, enfim.

Estar dentro deste jogo lhe dará uma visão muito mais aprofundada daquele resultado final que você lê em formato de artigo científico. 

É possível equilibrar carreira de sucesso na medicina e a vida pessoal?

Depois de falar de tantas coisas que o estudante de medicina pode fazer para alcançar sucesso desde o início da sua vida acadêmica, a sensação que dá é que o sucesso é algo muito difícil.

Equilibrar todas as atividades acima citadas, junto com uma rotina de estudos, presença nas aulas, trabalhos, atividade física regular, sono adequado… Nossa! Cansei só de descrever essa vida tão corrida. 

Olha, eu não vou mentir para você dizendo que será fácil, porque não será. A medicina é uma profissão linda e recompensadora, mas que exigirá de você muita dedicação e esforço. 

Por isso, tão importante quanto garantir um bom sucesso profissional, é importante que você saiba que “sucesso” é algo muito subjetivo e pessoal. Mais que isso, há vários caminhos que podem te levar a alcançá-lo.

Não se compare com seus colegas, compare-se consigo mesmo, tentando ser melhor a cada dia que passa. Evite ser tão rígido consigo. Afinal, estamos falando de um caminho difícil de trilhar, e se cada vez que você falhar você se culpar, perderá forças para recomeçar. Não negligencie a sua saúde física e mental, pois sem elas você não conseguirá fazer mais nada bem. 

Há muitas outras coisas que compõem o sucesso na carreira médica, como por exemplo saber cultivar uma boa relação médico paciente, criar empatia, honrar compromissos, etc.

Espero que as dicas que te dei acima te ajudem a dar um norte. Uma guinada inicial na sua vida, rumo ao sucesso! 

Conteúdos relacionados

Quer saber mais sobre carreira de sucesso na medicina? Vale a pena conferir também: