Outros

HCFMRP-USP: residência médica em São Paulo.

HCFMRP-USP: residência médica em São Paulo.

Compartilhar

Sanar Residência Médica

7 min há 380 dias

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCFMRP-USP) é uma instituição que reúne diversos centros de saúde e oferece muitas oportunidades para os médicos que buscam especialização.

Neste artigo, você vai conhecer melhor a residência médica no HCFMRP-USP e se manter informado sobre os processos seletivos. Acompanhe!

Conheça o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCFMRP-USP) é um complexo de saúde que foi criado em 1956 e é referência internacional pela qualidade dos serviços prestados. A instituição foi palco de muitas inovações, como o primeiro transplante de rim com doador cadáver realizado na América Latina, que acontecer em 1968.

Hoje, o HCFMRP-USP tem mais de 179.000 m² de área construída e 815 leitos, sendo, desses 105 destinados ao tratamento intensivo. Em 2019, foram realizados mais de 730 mil consultas e procedimentos.

Além do atendimento ao público, o hospital universitário também recebe alunos da graduação e pós-graduação e médicos residentes e desenvolve pesquisas.  

Residências disponíveis no HCFMRP-USP

O HCFMRP-USP recebe residentes todos os anos e o número de vagas aumenta frequentemente. Em 2017, o hospital tinha 821 residentes; em 2018, eram 844 e, em 2019, o número chegou a 850.

Veja, a seguir, a lista com os programas de residência oferecidos pelo hospital.

Residências de acesso direto:

  • Anestesiologia;
  • Cirurgia Geral;
  • Cirurgia de Cabeça e Pescoço;
  • Cirurgia Cardiovascular;
  • Cirurgia da Mão;
  • Clínica Médica;
  • Dermatologia;
  • Genética Médica;
  • Ginecologia e Obstetrícia;
  • Infectologia;
  • Mastologia;
  • Medicina de Emergência;
  • Medicina de Família e Comunidade;
  • Medicina Física e Reabilitação;
  • Medicina Intensiva;
  • Neurocirurgia;
  • Neurologia;
  • Oftalmologia;
  • Ortopedia e Traumatologia;
  • Otorrinolaringologia;
  • Patologia;
  • Pediatria;
  • Psiquiatria;
  • Radiologia e Diagnóstico por Imagem;
  • Radioterapia;

Especialidades cirúrgicas:

  • Angiorradiologia e Cirurgia Endovascular;
  • Cirurgia do Aparelho Digestivo;
  • Cirurgia Pediátrica;
  • Cirurgia Plástica;
  • Cirurgia Torácica;
  • Cirurgia do Trauma;
  • Cirurgia Vascular;
  • Coloproctologia;
  • Transplante de Fígado;
  • Urologia;

Subespecialidades:

  • Alergia e Imunologia;
  • Alergia e Imunologia Pediátrica;
  • Cardiologia;
  • Cardiologia Pediátrica;
  • Ecocardiografia;
  • Endocrinologia e Metabologia;
  • Endocrinologia Pediátrica;
  • Hematologia e Hemoterapia
  • Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista;
  • Gastroenterologia;
  • Gastroenterologia Pediátrica;
  • Geriatria;
  • Medicina Intensiva Pediátrica;
  • Medicina Paliativa;
  • Nefrologia;
  • Nefrologia Pediátrica;
  • Neonatologia;
  • Oncologia Clínica;
  • Pneumologia;
  • Pneumologia Pediátrica;
  • Radiologia Intervencionista e Angiorradiologia;
  • Reumatologia;
  • Reumatologia Pediátrica;
  • Transplante de Medula Óssea.

Remuneração e benefícios

A residência médica, em qualquer instituição, é um programa de pós-graduação gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC), com regimento determinado pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM). Todos os programas devem respeitar a carga horária máxima de 60 horas semanais, nelas incluídas o máximo de 24 horas de plantão.

Segundo a legislação, todo residente recebe uma bolsa de R$ 3.330,43, valor que está sujeito a descontos de contribuição previdenciária. Além da bolsa, o residente tem direito aos seguintes benefícios:

  • alimentação gratuita;
  • condições de descanso e conforto compatíveis com o hospital;
  • licença maternidade e paternidade;
  • um dia de folga semanal;
  • 30 dias consecutivos de repouso por ano de atividade.

Conheça o edital

O edital para o preenchimento das vagas de residência médica do HCFMRP-USP em 2021 já foi lançado. As inscrições acontecem do dia 11 de novembro de 2020 até às 16h do dia 30 de novembro de 2020, exclusivamente pela internet. O valor da taxa é de R$ 600.

Vagas

Processo seletivo

O processo seletivo contará com apenas uma fase para todos os programas, exceto Otorrinolaringologia e Medicina Física e Reabilitação, sobre os quais falaremos mais adiantes.

A fase 1 é igual para todos: será uma prova objetiva com 120 questões sobre Cirurgia Geral, Clínica Médica, Obstetrícia e Ginecologia, Medicina Preventiva e Social e Pediatria. A prova acontecerá no dia 18 de janeiro de 2021 e terá duração de 5 horas.

Os candidatos aos programas de Medicina Física e Reabilitação e Otorrinolaringologia também passarão pela etapa de arguição do currículo, marcada para o dia 25 de janeiro de 2021.

O resultado final será divulgado em 29 de janeiro de 2021, após as 18h.

Nota de corte

Confira, a seguir, as notas de corte para cada uma das especialidades em 2019:

  • Anestesiologia – 6,89;
  • Cirurgia Cardiovascular – 7,74
  • Clínica Médica – 7,38;
  • Dermatologia – 7,84;
  • Genética Médica – 6,06;
  • Infectologia – 7,55;
  • Medicina de Emergência – 6,67;
  • Medicina de Família e Comunidade – 6,23;
  • Medicina Física e Reabilitação – 4,43;
  • Neurocirurgia – 7,37;
  • Neurologia – 7,26;
  • Obstetrícia e Ginecologia – 7,40;
  • Oftalmologia – 7,50;
  • Ortopedia e Traumatologia – 6,88;
  • Otorrinolaringologia – 7,41;
  • Patologia – 6,14;
  • Pediatria – 6,97;
  • Programa de pré-requisito em área Cirúrgica Básica – 7,45;
  • Psiquiatria – 7,05
  • Radiologia e Diagnóstico por Imagem – 6,70;
  • Radioterapia – 4,55;

Concorrência

Veja a quantidade de candidatos para uma vaga em cada uma das especialidades em 2019:

  • Anestesiologia – 13,91;
  • Cirurgia Cardiovascular – 14;
  • Clínica Médica – 19,69;
  • Dermatologia – 46,66;
  • Genética Médica – 4;
  • Infectologia – 7,75;
  • Medicina de Emergência – 10,33;
  • Medicina de Família e Comunidade – 3,42;
  • Medicina Física e Reabilitação – 3;
  • Neurocirurgia – 42,33;
  • Neurologia – 16,08;
  • Obstetrícia e Ginecologia – 16,25;
  • Oftalmologia – 45;
  • Ortopedia e Traumatologia – 10,44;
  • Otorrinolaringologia – 26,8;
  • Patologia – 6,5;
  • Pediatria – 10,1;
  • Programa de pré-requisito em área Cirúrgica Básica – 27,36;
  • Psiquiatria – 16,5;
  • Radiologia e Diagnóstico por Imagem – 8,44;
  • Radioterapia – 2;

O que esperar da residência médica no HCFMRP-USP

A residência no HCFMRP-USP proporciona uma experiência completa ao médico, pois o hospital oferece atendimentos desde unidades básicas até centros de alta complexidade. “Os residentes têm uma autonomia gigantesca, além de diversa gama de estágios que passamos durante os anos de residência”, conta a residente R3 em Pediatria na instituição.

Outra residente, que também faz especialização em Pediatria, fala um pouco sobre os plantões durante a residência. “É possível realizar plantões durante a residência, estes com uma oferta e remuneração bem acima da média, por causa da escassez de profissionais da especialidade na região”, diz. 

Está decidido? Independente da sua escolha nós temos o curso certo para te ajudar.

Links relacionados:

Confira o vídeo:

Compartilhe com seus amigos:
Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.