Residência Médica

Materiais de estudo: qual é a melhor opção para estudar para residência?

Materiais de estudo: qual é a melhor opção para estudar para residência?

Compartilhar

Estudar para residência médica não precisa ser traumático. Diante de tantas opções de materiais de estudo, é comum que você se questione se precisa consultar tudo. Apostilas, livros, questões, videoaulas, simulados, resumos e flashcards. Mas, coloque essa frase na cabeça e nunca mais esqueça, VOCÊ NÃO PRECISA CONSULTAR TUDO.

Essa orientação vale principalmente para as apostilas. Material que é oferecido em abundância pela maioria dos cursinhos de preparação.

A cobrança por querer consultar tudo vai acabar te prejudicando. Afinal, você vai começar a nutrir um sentimento de frustração e impotência.

O verdadeiro caminho do sucesso inclui estudar por questões. Tanto refazendo provas anteriores como através da participação em simulados. Dessa forma, você consegue identificar o que mais precisa aprimorar para ter um bom resultado.

Como funciona o processo de aprendizagem

A teoria da pirâmide de aprendizagem tem como foco promover a otimização da retenção de conteúdos. Ela foi criada pelo psiquiatra norte-americano William Glasser.

A estratégia defende que a assimilação do conteúdo por parte dos estudantes pode ser melhor, dependendo do modo como acontece o estudo.

Além disso, a teoria explica que quanto mais interativo, maior será a fixação do conteúdo. Pela pirâmide de aprendizagem, nós aprendemos, principalmente, quando “discutimos com outros”, “fazemos” e “ensinamos”.

Fonte da ilustração: Incape

O fato é que essa teoria defende que o aluno é o maior responsável pela sua aprendizagem. “A boa educação é aquela em que o professor pede para que seus alunos pensem e se dediquem a promover um diálogo para promover a compreensão e o crescimento dos estudantes”, definiu William Glasser.

Com base nas considerações de William Glasser, a nossa orientação é que você tenha um estudo ATIVO. Use os materiais teóricos, de preferência os resumos, mapas mentais e outros similares, apenas como um guia de consulta rápida. Estudo ativo é igual a fazer questões.

Importância das questões para estudar para residência médica

A resolução de questões vai te ajudar a testar seus conhecimentos. Além de possibilitar que você extraia novas informações e se adapte a forma como os assuntos serão cobrados no dia da prova.

Ao selecionar as questões para fazer, foque naquelas que abordam os assuntos que mais caem na prova que vai realizar.

ATENÇÃO: não adiante fazer questões por fazer. O foco é o que faz toda diferença. Neste momento, esqueça celular ou qualquer outro meio de distração. Fique atento(a) em captar o conceito chave da pergunta antes de partir para a resposta.

No decorrer que for estudando para residência por questões, pode ser que:

1- Você acerte a questão porque já tem domínio no assunto. Mesmo em caso de acerto, é aconselhável que você leia o comentário da questão só para fixar mais a informação.

2- Após ficar em dúvida entre as alternativas, você arrisca e acaba acertando a questão. Para essa situação, é interessante que você leia o comentário da questão e avalie a razão da outra alternativa que provocou dúvida ser errada. Vale consultar um resumo ou aula curta sobre o tema.

Observação: em caso inverso – ficou em dúvida e errou, é importante destrinchar bem o comentário da questão. E também investir nos outros materiais citados anteriormente.

3- Errar a questão por não saber o conteúdo. Nesse caso, a depender do peso que o assunto tenha na prova que almeja, vale um pouco de tudo. Ler o comentário, procurar um resumo na internet sobre o assunto, ver uma aula curta e até, em último caso, pegar a apostila.

E, por falar em apostilas, esse material é mais indicado para consultar um assunto que você não sabe nadinha ou quando acontece do comentário da questão ter deixado a desejar.

Em caso de erro ou dúvida, vale fazer anotações em um caderninho. Registre o que você aprendeu de novo sobre isso.

Simulados são o grande “up” dos estudos

As questões de simulados são ainda melhores para estudar, por um conjunto de coisas. Elas têm todo um rigor na correção e na lógica de elaboração da prova. Além das próprias condições de realização (principalmente, o quesito tempo).

Os simulados criam as condições exatas que você vai enfrentar no dia da prova de residência. Ao participar de um simulado, você aprende a adequar sua velocidade de raciocínio para responder as questões ao tempo que tem disponível para resposta.

A correção do gabarito vai te ajudar a entender no que está bem e o que está faltando. E o ranking da prova será de grande valia para mensurar o seu desempenho perante os possíveis concorrentes.

Tudo isso vai te auxiliar a traçar estratégias personalizadas para revisar os conteúdos. E aí, partiu responder provas anteriores e fazer simulado?

Convite

A Sanar está oferecendo uma série de conteúdos gratuitos para estudar para residência médica. Tem e-book, minicursos, simulados e mentoria personalizada. Aproveite para conferir todas as possibilidades através do site “Se é Prova, A gente Aprova“. O próximo simulado acontece no dia 19 de setembro, das 9h às 13h.

Veja também:

Compartilhe com seus amigos: