Finanças para Médicos

O que acontece se eu não pagar os impostos da carreira médica?

O que acontece se eu não pagar os impostos da carreira médica?

Compartilhar
Imagem de perfil de Sanar UP

O comprometimento com a rotina de impostos da carreira médica é de extrema importância para manter o controle da saúde financeira da empresa e zelar pela regularidade da mesma. Além disso, alguns tomadores de serviço solicitam a Certidão negativa de débitos e comprovantes para realizar o pagamento das NF’s.

De acordo com o Sanar UP, 30% dos clientes do UP não enviam ou sinalizam o pagamento dos impostos mensais enviados por nós.

O que preciso saber sobre pagamento dos impostos? 

O Calendário mensal da Receita Federal de impostos acontece sempre até o dia 20 de cada mês. É importante ficar ligado nas datas. Isso porque nos meses em que o dia 20 cai em um final de semana, a Receita pode puxar o recolhimento para antes ou depois do dia 20. 

Em caso de esquecimento da data, é possível emitir novamente os boletos com juros multa calculados da data de vencimento até a data de pagamento.

SABER QUAIS SÃO OS IMPOSTOS DA VIDA MÉDICA 

Quais são as implicações negativas em não pagar os impostos? 

O Sanar UP reuniu algumas das implicações negativas em não pagar os impostos. Confira: 

Incidência de multa

A primeira consequência do não pagamento dos impostos é a incidência de multa, no geral é de 0,33% ao dia, limitado a 20%.

Juros de mora

Além da multa por atraso, incide também juros de mora. Os juros são cobrados a partir do mês seguinte ao do vencimento, calculado com base na taxa Selic + 1%.

Bloqueio do portal municipal para emissão de Notas Fiscais

O não pagamento das guias de impostos pode bloquear o portal de emissão de Notas. Atrapalhando o seu recebimento em tomadores de serviço. 

Desenquadramento tributário

Aproximadamente 75% das empresas ativas no Brasil optam pelo Simples Nacional. Um sistema simplificado que reúne tributos Federais, Estaduais e Municipais em uma única guia de pagamento.

Entretanto, quando não acontece o pagamento de imposto, uma das implicações é que em janeiro do ano subsequente ocorre o desenquadramento e a empresa passará para um outro regime tributário mais oneroso.

Complicações em conseguir crédito

Dificuldade em obter empréstimos bancários, linhas de crédito e até cadastro em Hospitais. Isso porque irá constar um débito na sua CND (Certidão negativa de débito).

Além da dificuldade de obter crédito junto a instituições financeiras, as taxas ou prazos para clientes devedores de impostos são maiores.

Bloqueio de bens e responsabilização do fisco

Caso o imposto fique muito tempo em aberto, a empresa corre o risco de sofrer bloqueio de bens, para que o fisco não seja lesado pela falta de recolhimento do referido imposto. Além de haver a possibilidade da empresa ser acusada de sonegação de impostos pela receita federal.

Impedimento de distribuição de lucros aos sócios

Outra consequência é o impedimento da realização da distribuição de lucros aos sócios. O lucro distribuído ao sócio é um rendimento isento, no entanto caso a empresa tenha pendências junto à Receita Federal como o não pagamento de impostos, os valores transferidos a título de distribuição de lucro podem ser tributados. 

Sugestões de leitura complementar sobre impostos da carreira médica

Quer ter uma assessoria contábil? O Sanar UP pode cuidar da saúde da sua empresa e manter a regularidade é um dos principais fatores. Saber tudo sobre os serviços do Sanar UP.