Carreira em Medicina

Primeiro emprego em Medicina: como conseguir?

Primeiro emprego em Medicina: como conseguir?

Compartilhar
Imagem de perfil de Prática Médica

Quer conseguir o primeiro emprego em medicina? Você precisa conhecer algumas estratégias específicas que abrem portas para oportunidades valiosas no mercado de trabalho. Para te ajudar nesse objetivo, este artigo vai trazer as informações mais relevantes de como ingressar no mercado. Aproveite a leitura!

O que me aguarda ao final da faculdade de medicina?

Medicina é uma área que há sempre demanda por profissionais, impulsionado pelo crescimento populacional e pela necessidade contínua de cuidados de saúde. No entanto, essa demanda nem sempre se traduz em oportunidades imediatas, especialmente em determinadas especializações ou regiões específicas do país.

Fatores como a concorrência, a disponibilidade de vagas em determinadas especialidades e a distribuição desigual de oportunidades em diferentes regiões do país podem influenciar a busca pelo primeiro emprego.

Além disso, o número de pessoas formadas em medicina anualmente é bem expressivo. Em 2021, por exemplo, foram cerca de 35 mil novos médicos formados no país.

Estratégias para conseguir o primeiro emprego em medicina

O caminho para o primeiro emprego como médico pode ser desafiador, mas a persistência e o aprimoramento contínuo são essenciais. Estratégias que podem fazer a diferença são participar de estágios e construir um networking sólido. Quer saber mais sobre essas estratégias? Continue a leitura.

Estágios

Os estágios e a participação em grupos de pesquisa são trampolins fundamentais para médicos iniciantes. A experiência prática não apenas amplia conhecimentos, mas também proporciona networking e pontes para oportunidades futuras.

Construção de networking

Construir uma rede de contatos profissionais é vital para o sucesso na carreira médica como um todo. Participar de eventos, conferências e grupos de discussão na área permite conhecer profissionais influentes e obter informações valiosas sobre oportunidades de emprego.

Construir um bom currículo médico

Um bom currículo médico precisa destacar tanto a formação acadêmica quanto as habilidades práticas, experiências relevantes e engajamento na área da medicina. É preciso demonstrar o comprometimento e a capacidade do profissional na prática médica.

Vale trazer informações como:

  • instituições em que fez estágio,
  • se teve experiência em hospitais, clínicas ou centros de saúde – incluindo as responsabilidades e funções desempenhadas;
  • especializações e cursos complementares;
  • participação em artigos científicos ou livros;
  • participação em congressos ou seminários;
  • fluências em idiomas estrangeiros.

Prepara-se para entrevistas de emprego

Treine para entrevistas, esteja preparado para responder perguntas sobre suas habilidades, experiências e motivações para ingressar na área.

É importante que você busque conhecer a instituição e as principais operações do local que almeja trabalhar antes do dia da entrevista.

Considere atuar em outras localidades

Há certas regiões do país em que há mais oportunidades pela demanda por profissionais de medicina. Vale você cogitar a possibilidade de trabalhar em diferentes localidades.

Aprimoramento profissional

Investir em especializações e certificações específicas pode tornar o currículo mais atraente para os empregadores. Demonstrar interesse e habilidades em áreas emergentes, como telemedicina e saúde digital, pode ser um diferencial.

Onde procurar o primeiro emprego em medicina?

A primeira orientação de local para buscar vagas de emprego em medicina é acompanhe sites e plataformas de emprego. Algumas sugestões que vale a pena ficar de olho são:

  • InfoJobs
  • Portal CFM
  • Catho
  • Linkedin.

Esses sites são pontos de partida para médicos em busca de oportunidades de emprego no Brasil. Eles oferecem uma variedade de vagas em diferentes especialidades e regiões, permitindo aos profissionais acompanhe as oportunidades e consigam se inscrever nas vagas de seu interesse.

Outro opção para ficar por dentro das vagas é ficar de olho nas publicações de sites de hospitais, clínicas e centros de saúde. Para além de ficar de olho, vale enviar seu currículo e entrar em contato para sinalizar interesse em trabalhar no local.

Formei em medicina: quais são as opções de próximos passos?

Após o final da faculdade de medicina, é importante conhecer as opções de próximos passos. Ingressar em um programa de residência médica, prestar concurso público para as Forças Armadas, ser plantonista são algumas opções. Confira mais informações sobre esses e outros caminhos:

Fazer residência médica

Há profissionais que antes de terminar da faculdade já sabem em qual especialidade médica desejam se tornar especialistas. Se esse for o seu caso, é importante estudar para passar na prova da residência que deseja.

A residência médica será fundamental para você adquirir conhecimentos técnicos e todas as habilidades práticas necessárias para atuar na área. Além disso, ao final do programa, receberá o título de especialista.

Lembre-se: durante a residência médica, você não receberá um salário, mas sim uma espécie de bolsa auxílio e precisará se dedicar exclusivamente a sua formação.

Primeiro emprego em medicina na UBS ou USF

As Unidades Básicas de Saúde e as Unidades de Saúde da Família são instituições de atuação do SUS na Atenção Básica. Isso significa que são espaços em que os problemas de saúde de base, com menor complexidade, são atendidos. Há uma alta demanda por profissionais para atuar nessas unidades, principalmente em cidades pequenas e interiores.

A maioria das vagas para médicos nessas unidades pode ser preenchida por médicos generalistas. Mas como conseguir essas vagas?

Uma das opções mais conhecidas é através dos concursos médicos, que estão abertos frequentemente em todos os estados do país. Nesse sentido, você pode se submeter a um concurso aberto em uma cidade do seu interesse após formado, e, caso aprovado, já começa a trabalhar!

Outra forma de conseguir um emprego em UBS’s ou USF’s é através das empresas gestoras dessas unidades no seu estado. Então busque saber como funciona a gestão do SUS onde você busca um trabalho, pesquise, converse com colegas, veteranos e professores. Assim você vai descobrir certinho como é a realidade do seu estado para conseguir essas vagas, que costumam ser abertas por edital ou inscrição.

Plantões em emergências e UTI’s

Os plantões em emergências e em unidades de terapia intensiva geralmente são a porta de entrada para vários recém-formados. A forma de conseguir um plantão em emergência ou UTI varia muito de lugar para lugar.

No caso do SUS, por exemplo, nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s), o processo é parecido com o das UBS’s, então conheça a realidade do seu estado e fique atento a processos seletivos na sua região.

Já para hospitais particulares, cada caso é um caso. O que é muito comum é a presença de empresas ou associações que façam a gestão das vagas disponíveis e escalas de plantão. Assim, você precisa buscar sistemas desse tipo para se cadastrar e estar elegível para os plantões.

Outra forma muito comum de conseguir um plantão é através de contatos, seja com professores, colegas, veteranos ou familiares. Então invista em um bom networking durante a faculdade e sempre busque saber como que os recém-formados da sua faculdade estão conseguindo plantões.

Ingresso nas forças armadas

Há duas formas de conseguir o primeiro emprego em medicina servindo nas forças armadas por serviço voluntário e através de concurso para carreira militar.

Quem opta por se voluntariar para trabalhar em hospitais das forças armadas geralmente é aceito. Vale buscar se informar sobre como é o funcionamento do processo nos quartéis e unidades da sua região. Essa é uma opção muito escolhida por quem quer fazer residência médica mas precisa ganhar dinheiro antes. Você pode congelar a sua vaga da residência por 1 ano caso já tenha sido aprovado.

Mas para quem quer seguir carreira como médico do exército, você pode prestar um concurso. Essas provas podem ser tanto do exército, marinha ou aeronáutica e costumam ser bem valorizadas pela estabilidade, boa remuneração a longo prazo e condições de trabalho.

Leia também: saiba mais sobre a carreira do médico militar.

Como ganhar mais segurança para o primeiro emprego em Medicina?

Fazer uma pós-graduação lato sensu em medicina pode ser um caminho para adquirir novos conhecimentos e habilidades e para ganhar mais segurança para a prática médica.

Se você almeja trabalhar com plantões, uma boa pedida é investir em uma pós-graduação em medicina do trabalho. Já para quem quer atuar na atenção básica de saúde a dica é optar por uma pós em Medicina da Família e Comunidade. Não sabe em qual instituição fazer a sua pós médica? Você precisa conhecer as opções de curso da Sanar Pós, que são realizados pela Faculdade Cetrus Sanar.

[SABER MAIS SOBRE OS CURSOS DE PÓS DA SANAR]

Sugestão de leitura complementar

Esses artigos também podem ser do seu interesse:

Confira também o vídeo do Dr. Felipe Costa respondendo se faz sentido fazer uma Pós-Graduação em Medicina!