Psiquiatria

Transtorno de personalidade histriônica

Transtorno de personalidade histriônica

Compartilhar

Sanar Pós Graduação

7 min há 13 dias

Segundo o DSM-5, a característica essencial do Transtorno de personalidade histriônica consiste em um padrão invasivo de emocionalidade excessiva e comportamento de busca de atenção, que começa no início da idade adulta e está presente em uma variedade de contextos.

Já o CID-10, refere que o Transtorno Histriônico de Personalidade , é caracterizada por um comportamento colorido, dramático e extrovertido que se apresenta sempre exuberantemente. É um dos únicos distúrbios de
personalidade mais frequentes no sexo feminino, onde os pacientes apresentam uma tendência de comportamento em busca de atenção

Os poucos dados de estudos da população geral sugerem uma prevalência de cerca de 2-3% para o Transtorno da Personalidade Histriônica. Taxas
de cerca de 10 a 15% foram relatadas em contextos ambulatoriais e de internação em saúde mental, ao utilizar uma avaliação estruturada.

Sintomas Transtorno de personalidade histriônica

Pacientes com transtorno de personalidade histriônica exigem continuamente que sejam o centro das atenções e muitas vezes ficam deprimidos quando não são. Eles são muitas vezes altamente dramáticos, entusiastas e paqueradores e, às vezes, encantam novos conhecidos.

Uma pessoa com esse transtorno pode também:

  • Ficar desconfortável a menos que seja o centro das atenções
  • Se vestir de forma provocativa e / ou apresentar um comportamento de forma sedutora inadequada
  • Mudar emoções rapidamente
  • Agir de forma bastante dramática, com as emoções e expressões exageradas, mas parece faltar sinceridade
  • Ser excessivamente preocupada com a aparência física
  • Buscar constantemente garantia ou aprovação
  • Ser crédula e facilmente influenciada por outros
  • Ser excessivamente sensível a críticas ou desaprovação
  • Ter uma baixa tolerância à frustração e ficar facilmente entediada com projetos, muitas vezes começando a rotina sem terminá-la ou pular de um evento para outro
  • Não pensar antes de agir
  • Tomar decisões precipitadas
  • Ser autocentrada e raramente mostrar preocupação com os outros
  • Ter dificuldade em manter relacionamentos, muitas vezes parecendo falsa ou superficial nas suas relações com os outros
  • Ameaçar ou tentar o suicídio para chamar a atenção

Diagnóstico Transtorno de personalidade histriônica

Para o diagnóstico do TPH, os pacientes devem ter

  • Padrão generalizado de excessiva emocionalidade e busca de atenção.

Esse padrão se caracteriza por ≥ 5 dos seguintes:

  1. Desconforto em situações nas quais não é o centro das atenções;
  2. A interação com os outros frequentemente se caracteriza por um comportamento inadequado, sexualmente provocante ou sedutor;
  3. Mudanças rápidas e superficialidade na expressão das emoções
  4. Constante utilização da aparência física para chamar a atenção sobre si próprio;
  5. Estímulo de discurso excessivamente impressionalista e carente de detalhes;
  6. Dramaticamente, teatralidade e expressão emocionalmente exageradas;
  7. Sugestionabilidade, ou seja, é facilmente influenciado pelos outros;
  8. Condierar os relacionametos mais íntimos que realmente são.

Além disso, os sintomas devem ter ocorrido no início da idade adulta.

Tratamento Transtorno de personalidade histriônica

O tratamento geral do transtorno de personalidade histriônica é o mesmo que para todos os transtornos de personalidade.

Pouco se sabe sobre a eficácia da terapia cognitivo-comportamental e terapia medicamentosa para o transtorno de personalidade histriônica. A psicoterapia psicodinâmica, que focaliza os conflitos subjacentes, pode ser tentada.

Saiba mais sobre Psiquiatria!

Seu sonho é ser psiquiatra e prestar prova de título? Mas qual a melhor forma de se aprofundar?

Perguntas frequentes:

1 – Como se caracteriza?

Ele é caracterizado por um padrão generalizado de excessiva emocionalidade e busca de atenção.

2 – Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico é por critérios clínicos.

3 – Qual o tratamento?

O tratamento é com psicoterapia psicodinâmica.

Compartilhe com seus amigos:
Política de Privacidade © Copyright, Todos os direitos reservados.