Ciclo Básico

O que preciso saber sobre a aula prática de anatomia do cérebro?

O que preciso saber sobre a aula prática de anatomia do cérebro?

Compartilhar

Quer saber o que é cobrado na faculdade de medicina sobre anatomia do cérebro? Este post é para você!

Se acabou de passar em medicina e/ou já começou o primeiro ano de faculdade, você com certeza já deve ter ouvido falar que anatomia é uma das matérias difíceis do início do curso.

Anatomia fica entre as matérias com maior carga horária, extensa quantidade de conteúdos e com elevado grau de dificuldade. A disciplina também é bastante conhecida pela aula prática de anatomia do cérebro, que aborda diversos ossos dessa região.

É preciso decorar bastantes estruturas, mas com as dicas certas, você não passará aperto na hora da aula. Para te ajudar nesta missão de “sobreviver” a anatomia, o SanarFlix reuniu informações e dicas valiosas.

Como são as aulas práticas de anatomia? 

As aulas práticas de anatomia se iniciam desde o primeiro semestre na faculdade. Depois de estudar sobre o conteúdo teórico, os alunos vão para o laboratório conhecer as estruturas. 

Para essa aula, você precisará atender a alguns requisitos básicos como: 

  • Estar usando jaleco
  • Usar tênis
  • Se tiver cabelo grande, é necessário que esteja preso.

Além disso, outra dica valiosa é ter em mãos o livro de anatomia. Assim, você poderá ver as estruturas do livro e conhecer como elas são na prática. Isso tornará a sua memorização muito mais fácil. 

O que estudamos a anatomia do cérebro e por que ela é tão difícil?

O cérebro é um dos órgãos que compõem o sistema nervoso central, localizado dentro do esqueleto axial (cavidade craniana e canal vertebral). Dessa forma, encéfalo e medula constituem o sistema nervoso central. Por isso, nas aulas práticas de anatomia do cérebro será possível estudar:

  • cerebelo
  • tronco encefálico
  • diencéfalo
  • telencéfalo 
Partes componentes do sistema nervoso central. Fonte: MACHADO, A.; HAERTEL, L. M. Neuroanatomia funcional: 3. Ed. São Paulo: Atheneu, 2014.

Além disso, será necessário saber o nome de todas as estruturas que estão englobadas nessas regiões citadas acima. Nos diencéfalo, por exemplo, temos  as seguintes partes: 

  • tálamo
  • hipotálamo
  • epitálamo
  • subtálamo

Assista nosso vídeo sobre neuroanatomia do cerebelo e aprenda mais: 

Dica valiosa para aula prática de anatomia

Para arrasar na prática, esteja com o conteúdo teórico previamente estudado, isso te dará uma maior facilidade na hora de ver as estruturas. 

É importante salientar que, nas faculdades que utilizam cadáveres para estudo, não se pode tirar fotos das estruturas. 

Para te ajudar na prova, você pode ler o nosso texto sobre como passar na prova de anatomia da faculdade de medicina.

Sugestão de leitura complementar

Compartilhe com seus amigos: