Colunistas

Primeiro plantão: 10 dicas para o médico recém-formado | Colunistas

Primeiro plantão: 10 dicas para o médico recém-formado | Colunistas

Compartilhar

Camilla Mesquita

4 min há 470 dias

Passamos os 6 anos da graduação aguardando ansiosamente a tão esperada colação de grau para que possamos dar entrada no CRM, documento que nos permitirá atuar como médicos. E então os 6 anos se passam, o CRM chega e vem a mais temida pergunta: o que vou fazer? A imensa maioria dos médicos recém-formados inicia sua carreira profissional atuando em plantões nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) ou Unidades Básicas de Saúde (UBS), mas há também outros caminhos, como atuar em clínicas populares ou em clínicas de Medicina do Trabalho. Mas neste texto vamos focar nos plantões!

Os plantões, para os médicos recém-formados podem ser uma boa fonte inicial de renda e… estresse. Sim, estresse! Contudo, há alguns passos que, se seguidos, podem facilitar muito o início da carreira e tornar esse momento de transição um pouco mais suave:

1) Converse com quem já sabe

Converse com amigos já formados e peça que eles te convidem para os grupos de plantões. Você não precisa conseguir um plantão imediatamente se ainda não estiver se sentindo seguro, mas observar como são as passagens de plantão e as trocas de informações será muito útil!

2) Tenha seu tempo!

É muito comum que logo após a conquista do CRM muitos de seus colegas já estejam empregados, ou fazendo plantões, mas aqui vale o sábio conselho materno: “você não é todo mundo”.

3) Vai fazer plantão? Conheça o local de trabalho com antecedência

Isso certamente fará você estar bem mais ambientado no dia do plantão. Conheça os colegas de equipe, os medicamentos existentes no local, para onde deverá encaminhar o paciente caso necessário.

4) Tenha em mãos plataformas de auxílio

Essas plataformas digitais auxiliam e muito na hora da prescrição. Certamente você saberá em pouco tempo várias prescrições na ponta da língua, mas no início, ter essas informações em local de fácil acesso traz mais segurança ao recém-formado.

5) Seja humilde!

Pergunte, questione, converse com seus colegas de plantão. Não tenha medo de não saber tudo! Lembre-se: você é recém-formado. Eles também passaram por isso.

6) Pontualidade na entrada do plantão

Chegar no horário determinado para a entrada no plantão é, não apenas primordial, como também muito educado. Em vários locais, um plantonista só poderá sair quando o outro chegar.

7) Seja cortês com a enfermagem

Ela será sua maior aliada “daqui até a eternidade”.

8) Tenha uma letra legível

Em muitos locais as fichas de atendimento/receituários/encaminhamentos precisarão ser preenchidos à mão, então caso sua letra não seja muito legível, se esforce ao máximo para torná-la.

9) Escreva!

Não tenha preguiça de escrever o relato das queixas do paciente e o exame físico. A ficha de atendimento muito mais que um papel a ser preenchido, é o documento que comprova o seu atendimento e as suas observações no momento da consulta.

10) Persista!

O primeiro plantão nem sempre será um mar de rosas, poderá ser amedrontador ou tranquilo, mas independente de como for, não desista e continue! Você estudou para isso!

Quer se preparar ainda mais? Clicando aqui você confere todos os nossos livros de medicina e aqui você conhece o SanarBooks, nossa biblioteca digital!

Autora: Camilla Mesquita, Médica.

Instagram: @camilla_mess

Compartilhe com seus amigos:
Política de Privacidade © Copyright, Todos os direitos reservados.