Coronavírus

Quais são os autotestes de covid-19 liberados no Brasil?

Quais são os autotestes de covid-19 liberados no Brasil?

Compartilhar
Imagem de perfil de Sanar

Em 28 de janeiro de 2022, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou o uso e a comercialização dos autotestes para detecção da covid-19. 

Quais são os autotestes liberados pela Anvisa?

  • Autoteste COVID-19 Ag swab nasal (cotonete)”. Registrado pela empresa Biosul Produtos Diagnósticos Ltda. e fabricado pela companhia chinesa Hangzhou Alltest Biotech Co., Ltda.
  • “SGTi-flex Covid-19 Ag – Self Test”, da empresa Kovalent do Brasil Ltda. 
  • Novel Coronavírus (Covid-19) Autoteste Antígeno”, da empresa CPMH Comércio e Indústria de Produtos Médico-Hospitalares e Odontológicos Ltda.;
  • “Autoteste COVID Ag Detect”, registrado e fabricado pela empresa Eco Diagnóstica Ltda.;
  • “Autoteste Covid Ag Oral Detect”, registrado e fabricado pela empresa Eco Diagnóstica Ltda.;
  • “SGTI-flex Covid-19 Autoteste”, registrado e fabricado pela Kovalente do Brasil Ltda.

lista completa dos autotestes aprovados será atualizada periodicamente e está disponível no painel eletrônico da Anvisa.

O que é levado em consideração para aprovar os autotestes? 

A Anvisa informou que avaliou critérios em relação à segurança, desempenho e atendimento dos requisitos legais exigidos aos autotestes antes da aprovação.

Outro ponto observado é a usabilidade do produto. Isso significa dizer que é preciso que tenha as orientações de uso claras e as instruções em linguagem simples. 

Para que serve o autoteste?

De acordo com a Anvisa, os autotestes são um procedimento “orientativo”. Eles indicam que alguém pode estar infectado com o novo coronavírus. Mas, o diagnóstico efetivo só pode ser realizado por um profissional de saúde.

O exame deve ser usado como triagem, para permitir o auto isolamento precoce e, assim, quebrar a cadeia de transmissão do vírus o mais rápido possível. 

Quando fazer a autotestagem? 

É recomendado o uso do autoteste entre o 1º e 7º dia do início do sintoma, ou 5 dias depois do contato com uma pessoa infectada com o novo coronavírus.

Vale ressaltar que o exame não é válido como diagnóstico, como documento para viagens ou para licença do trabalho.

Como funciona um autoteste de covid-19? 

A pessoa pode realizar todas as etapas do exame, desde a coleta da amostra até a interpretação do resultado, sem a necessidade de auxílio profissional. 

Para isso, deve seguir atentamente as informações das instruções de uso, que possuem linguagem simples e figuras ilustrativas do seu passo a passo.

A autotestagem é feita pelo mesmo tipo de exame utilizado hoje nas farmácias, o de antígeno. Diferente do teste RT-PCR, que detecta o RNA do vírus, o antígeno localiza as proteínas do novo coronavírus, e por isso a eficácia é um pouco menor (em torno de 85%).  O resultado sai entre 15 e 30 minutos. 

Conteúdos relacionados: 

Compartilhe com seus amigos: