Carreira em Medicina

Médico Legista no Brasil: carreira, remuneração e mais

Médico Legista no Brasil: carreira, remuneração e mais

Compartilhar
Imagem de perfil de Carreira Médica

Quer saber mais sobre a carreira de médico legista no Brasil? Formação, locais de trabalho e quanto ganha um médico legista no Brasil? Essa publicação tem como objetivo responder as principais informações sobre este tempo.

O que faz o médico legista?

Um Médico Legista trabalha na intersecção entre o direito e da medicina. a figura do médico legista é importante para resolução de alguns casos de justiça com base em detalhes médicos. Ou seja, esse profissional é responsável, por exemplo, por realizar exame de corpo de delito em vítimas vivas ou mortas em busca de provas do que aconteceu durante o crime.

Este profissional desempenha suas funções em diversos ambientes, incluindo Institutos Médico Legais (IMLs), órgãos de segurança pública como as Polícias, Departamento de Trânsito (DETRAN), Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), entre outros setores governamentais.

Também é possível atuar como professor universitário ou prestando assessoria para escritórios de advocacia.

Médico Legista nos IMLs

Uma das áreas de atuação com maior demanda, e frequentemente associada a concursos, é a atuação nos IMLs. Esses institutos oferecem uma ampla gama de departamentos e oportunidades para os médicos exercerem suas funções.

Na especialidade de Antropologia Forense, por exemplo, o médico assume a responsabilidade de exumar cadáveres. Enquanto na Clínica Médica, realiza exames minuciosos de lesões corporais.

O profissional pode, ainda, emitir laudos e analisar causas de mortes, erros médicos e participar de tribunais.

Qual é a formação de um Médico Legista?

O profissional precisa apenas ser graduado em medicina, ter Inscrição no Conselho Regional de Medicina e prestar um concurso público.

É importante dizer que uma pós-graduação, residência médica ou outra especialização na área pode ajudar a melhorar as chances de aprovação no concurso. Isso porque os títulos aumentam a atribuição de pontos na nota final.

Com relação as possibilidades de títulos, o Instituto Oscar Freire da Faculdade da USP, por exemplo, oferece um Curso de Especialização de um ano em Medicina Legal. Também tem algumas faculdades que oferecem Residência Médica em Medicina Legal e Perícias Médicas.

Quanto ganha um Médico Legista?

Um Médico Legista Júnior ganha em média R$ 5.000,18. O nível pleno recebe cerca de R$ 5.656,36. Já o Sênior tem uma média salarial de R$ 6.794,58 mensais de acordo com pesquisa do Salario.com.br junto aos dados oficiais do CAGED de profissionais demitidos no mercado de trabalho. Dados de 2023*.

Remuneração para concursado

A remuneração vai variar conforme o concurso prestado. Por exemplo, no concurso da Polícia Civil de São Paulo 2022, os salários para este profissional eram a partir de e R$ 8.699,94. Já em um concurso de 2021 para atuar na Pefoce (Perícia Forense do Ceará) os salários chegaram a R$ 10,1 mil.

É essencial se manter atento na saída de editais de concursos e buscar sempre deixar os estudos em dia. Dessa forma, será mais fácil participar de um concurso público e ser aprovado.

Como passar no Concurso para Médico Legista?

Os concursos para Médico Legista, normalmente, contam com provas objetivas, discursivas e de aptidão física.

Os candidatos também passam por avaliação de títulos, exame médico, avaliação psicológica e “investigação social”. Vale ressaltar que a avaliação de títulos pode contribuir significativamente na nota final do profissional. Afinal, a soma dos títulos pode conferir ao candidato, em alguns casos, até 20 pontos a mais.

A dica do médico legista e professor Bruno Gil para passar no concurso é buscar condicionamento físico e os estudos em dias, mesmo antes de o edital para o concurso sair.

Assuntos mais cobrados nas provas do concurso

Para as provas conteudistas, os assuntos mais cobrados são:

  • Direito Civil,
  • Medicina Legal,
  • Direito Penas,
  • Legislação Penal,
  • Direito Empresarial,
  • Lógica,
  • Direito Administrativo,
  • Informática
  • Direito Constitucional,
  • Língua Portuguesa, e
  • Direito Ambiental.

Vale estudar por provas anteriores do concurso que quer prestar ou de seleções organizadas pela mesma banca. Assim, você se prepara para encarar as questões da prova com mais facilidade.

Material de estudo

A Sanar oferece várias opções de livros voltados para preparação para concurso público. Entre eles:

  • Perito Criminal – Preparatório para Concursos 2ª edição
  • Médico Legista: Preparatório para Concursos – 2ª Edição

Os materiais, além de trazer toda a parte teórica necessária para preparação, também conta com questões comentadas e dicas valiosas.

[QUERO CONFERIR OS LIVROS DA SANAR]

Quanto ganha um médico legista que atua no segmento de ensino superior?

Outra possibilidade de atuação profissional é fazer carreira como professor universitário. Ele pode dar em cursos de medicina e de direito – seja em graduação ou pós-graduação.

As jornadas de podem variar de 20 a 44 horas semanais. De acordo com uma pesquisa da Salario.com.br, nesse segmento o médico legista pode ganhar em média R$ 5.000. O teto salarial pode chegar a R$ 7.556,15.

Para se inserir nesse segmento de atuação, o mais importante é garantir um bom currículo profissional. A constante atualização nos estudos fará toda diferença.

Sugestão de leitura complementar

Esses artigos também podem ser do seu interesse

Quer saber mais sobre a carreira de médico legista? Confira o vídeo do professor, Bruno Gil, que é Médico Legista e Advogado, sobre o tema. Ele trabalha como professor na Universidade Federal da Bahia (UFBA) e Perito Médico-Legista do IML Nina Rodrigues, além de ser Conselheiro do CRM-BA.