Dicas para carreira

Tudo o que preciso saber para conseguir um estágio em medicina

Tudo o que preciso saber para conseguir um estágio em medicina

Compartilhar
Imagem de perfil de SanarFlix

Quer conseguir um estágio em medicina? Você precisa ler esse post.

O Instagram do SanarFlix constantemente recebe questionamentos de estudantes sobre como arranjar estágios, principalmente após o período da pandemia. Afinal, as práticas dos cursos de medicina foram prejudicadas com as medidas restritivas. Menos pacientes, menos atendimentos, menos procedimentos e, consequentemente, menos aprendizado.

Os estágios práticos sempre foram (e continuam sendo) uma excelente escolha acadêmica para turbinar o currículo, desbravar uma especialidade, realizar procedimentos e, obviamente, aprender medicina.

Como conseguir arranjar um estágio em medicina?

O SanarFlix montou uma estrutura básica com dicas e sugestões para conseguir um estágio. Lembre-se de uma coisa: o estágio é EXTRACURRICULAR! A sua prioridade é o curso.

Quem se dispõe a fazer um estágio deve lembrar que está se expondo numa vitrine e sendo observado continuamente. Por isso, ao decidir realizar um estágio, é importante estar organizado previamente, conhecer a grade curricular e a dinâmica de modo a desempenhar bem as suas funções normalmente. Confira as dicas que separamos:

Estágios por meio de ligas acadêmicas

As ligas acadêmicas são atividades extracurriculares que englobam ensino, pesquisa e extensão/assistência. Muitas delas, pelo networking proporcionado com professores orientadores e especialistas, contam com estágios em serviço.

Além de todas as vantagens de fazer parte de uma liga acadêmica, sem sombra de dúvidas os estágios por elas proporcionados são de grande valia para a formação.

Se você faz parte de uma liga que não tem um estágio formal, ou mesmo quer fazer parte de alguma que não tenha, isso não deve ser um fator impeditivo. Estando numa liga, um leque de oportunidades surgirá e de lá você pode encontrar a sua, bem como desenvolver um programa de estágio para todos os participantes.

Existe algum estágio formal na sua cidade/região?

Em boa parte dos locais do Brasil onde há faculdades de medicina, há programas de estágio vinculados a alguns órgãos, como secretarias de saúde (municipais e estaduais), instituições privadas, SAMU, IMLs* e demais serviços.

* IML -> Instituto Médico Legal

Com ajuda de um(a) veterano(a), busque informações sobre estágios nos serviços da cidade onde você cursa. Além de serem regulamentados e algumas vezes até remunerados, você fará um importante networking se desempenhar bem suas funções.

Visitas acadêmicas

A Visita Acadêmica é um estágio observacional ofertado por algumas instituições do país, onde você pode ter a oportunidade de conhecer o serviço que quer se inserir. Uma delas é a FMUSP-SP, e você pode conferir em detalhes como conseguir nesse vídeo:

A visita acadêmica te permite conhecer o serviço, a rotina dos residentes, internos e assistentes do local e, além de tudo, incrementa o seu currículo.

Pesquise as instituições de ensino que você tem interesse e entre em contato!

Instrumentação cirúrgica

Uma boa forma (não tão convencional) de se inserir em serviços é por meio de um curso de instrumentação cirúrgica. Nesse caso, obviamente, pode haver a necessidade de um investimento inicial.

Além de ser um conhecimento extremamente útil para a vida acadêmica, tendo em vista que a cirurgia é uma grande área e você inevitavelmente frequentará vários centros cirúrgicos ao longo da sua formação, há possibilidade de vários contatos, realização de procedimentos, discussão dos mais variados casos nas mais variadas especialidades cirúrgicas.

Estágios “informais”

Inicialmente indicamos propostas mais “formais de estágio”, até pensando em certificação e currículo, mas você pode muito bem usar sua lábia e pedir para acompanhar alguém! 

Idealmente, procure alguém que tenha disposição e que queira ensinar, principalmente se você estiver nas etapas mais iniciais do curso. Prefira tratar do assunto pessoalmente; será uma forma de você transmitir seriedade e demonstrar a vontade “ao vivo”. Mas caso você não queira…

…Basta enviar um:

Olá, tudo bem, Dra FULANA?

Sou Gabriel, estudo medicina na UFBA, 10º período. Recebi excelentes recomendações suas e achei válido entrar em contato pois gostaria muito de acompanhar seus Atendimentos/Cirurgias/Anestesias no HOSPITAL 123.

Tenho muito interesse em me desenvolver academicamente, e mais ainda na especialidade que tenho certa aptidão, que é a XXXXX. Esse período de pandemia comprometeu um pouco as práticas da faculdade, e sei que devo correr atrás para compensar minha formação.

Assim sendo, fico no aguardo do seu retorno, caso seja possível, é claro.

Agradeço desde já pela atenção!

Sugestão de leitura complementar