Coronavírus

É possível pegar coronavírus pelo ar?

É possível pegar coronavírus pelo ar?

Compartilhar

Sanar Saúde

4 min há 448 dias

Há cerca de seis meses convivendo com o novo coronavírus, pesquisadores de todo o mundo têm feito cada vez mais descobertas sobre as formas de contaminação. A mais recente vem da China. Cientistas descobriram que, sim, é possível se contaminar pelo ar.

O ponto de partida do estudo foi um homem que esteve em Wuhan, e, em 24 de janeiro, foi para a cidade de Cantão. Lá, reuniu a família numa mesa do terceiro andar de um restaurante. O viajante não manifestava sintomas, mas estava contaminado pelo novo coronavírus.

A vigilância epidemiológica da China percebeu que dez pessoas de três famílias diferentes, incluindo a do viajante, foram contaminadas pelo vírus naquele dia. Usando técnicas de investigação criminal e ciência, os pesquisadores descobriram como. Foi pelo corredor de ar, na linha de ventilação de um único ar condicionado.

O que explica a contaminação

A conclusão dos pesquisadores é que o fluxo do ar condicionado no ambiente fechado causou a contaminação das outras pessoas. Ao todo, foram quatro membros da família do viajante; três pessoas que estavam na mesa à esquerda; e duas pessoas da mesa à direita.

Ou seja: pode haver contaminação pelo ar.

Isso acontece por causa das partículas aerossóis que podem servir de superfície para o novo coronavírus. Os aerossóis são micropartículas líquidas ou sólidas que ficam em suspensão na atmosfera por várias horas. Quanto menor, mais tempo em suspensão; quanto maior, mais fácil a ação da força da gravidade.

O Sars-CoV-2 é muito menor do que os aerossóis, então, ele se gruda a essas partículas e faz o mesmo trajeto que elas. As pessoas no restaurante podem ter se contaminado porque, à medida que o viajante falava, as gotículas se juntavam aos aerossóis e eram transportadas pela ventilação naquele corredor de ar.

O que fazer para evitar

Outros estudos citados na reportagem do programa Fantástico, da TV Globo, exibida em 3 de maio, encontraram partículas de coronavírus em diversos ambientes fechados. Banheiros, refeitórios e salas onde os médicos tiravam a roupa de proteção tinham algo em comum: eram mal ventilados.

A solução para evitar que as partículas aerossóis, possivelmente contaminadas, permaneçam em suspensão é ventilar o ambiente. Abrir portas e janelas para permitir a circulação do ar faz com que essas partículas sejam levadas embora.

Os estudos reforçam também para duas medidas de proteção que têm sido amplamente recomendadas: uso de máscaras e distanciamento social. Evitar aglomerações impede que você se submeta a aerossóis; mas se não puder evitar, a máscara cria uma barreira entre você e as partículas contaminadas.

Confira o vídeo:


Matérias relacionadas:

Compartilhe com seus amigos:
Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.