Psiquiatria

Pós-graduação em Psiquiatria: tudo que você precisa saber

Pós-graduação em Psiquiatria: tudo que você precisa saber

Compartilhar

SanarMed Pós Graduação

4 min58 days ago

A Pós-graduação em Psiquiatria ou especialização em Psiquiatria tem despertado o interesse de muitos (as) médicos (as) que desejam ingressar nessa área. Há cada vez mais estudos para entender sobre os fenômenos da mente humana e a relação dela com o nosso bem-estar.

Porém, sempre surgem dúvidas sobre o que se trata, os objetivos, os temas que geralmente são abordados, o período e quando iniciá-la. Pensando nisso, resolvemos trazer algumas respostas para ajudá-lo (a) a decidir se uma carreira em psiquiatria pode ser uma boa opção para você.

O que é a Pós em Psiquiatria?

A Especialização/Pós-graduação em Saúde Mental e Psiquiatria inclui treinamentos em psicoterapia, com métodos específicos de prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças mentais em centros de saúde comportamental.

Principais objetivos da especialização em Psiquiatria

  • Capacitar profissionais da saúde em diferentes aspectos da rede de atenção psicossocial, propiciando o desenvolvimento de competências técnicas, habilidades organizacionais, de coordenação e solução de problemas;
  • Agregar conhecimentos para que o profissional se sinta hábil em realizar uma avaliação completa do paciente, incluindo a perspectiva biológica, psicológica, social e cultural no processo de assistência da equipe multiprofissional;
  • Formar especialistas com a capacidade de trabalhar em equipe, planejar, organizar e gerir os recursos disponíveis nos atendimentos primário, secundário e terciário, principalmente no âmbito da Saúde mental e Psiquiatria.
  • Aprimorar o raciocínio clínico e as condições de diagnosticar e decidir o melhor tratamento com precisão.

CONHEÇA A PÓS GRADUAÇÃO EM MEDICINA DE EMERGÊNCIA DA SANAR

O que geralmente é estudado em uma pós-graduação em psiquiatria?

  • História da psiquiatria;
  • Políticas assistências em saúde mental;
  • Dependência química e transtornos mentais relacionados;
  • Psicofarmacologia: princípios neurobiológicos de psicofármacos;
  • Psiquiatria clínica (epidemiologia, manifestações clínicas dos principais transtornos mentais);
  • Psiquiatria forense e pericial;
  • Psicopatologia e semiologia dos transtornos mentais;
  • Psiquiatria da infância e adolescência;
  • Metodologia da pesquisa científica;
  • Psicogeriatria;
  • Urgência e emergência psiquiátricas.

Como saber se tenho perfil para trabalhar na área?

A pergunta que deve ser feita antes de iniciar uma especialização ou pós-graduação nessa área é: “ Eu estarei disponível para oferecer suporte, gerenciamento de crises e tratamento para os pacientes, sem julgamento?”.

É uma área que sofre muitos estigmas e às vezes os recursos são limitados. Por isso, será necessário estar aberto para ouvir atentamente, ser empático, ter percepção social e colaborar com a equipe multiprofissional. 

Quando posso fazê-la?

Para ingressar na pós-graduação/especialização em psiquiatria é necessário ter o diploma do curso de medicina. Alguns profissionais preferem iniciar a especialização logo após a graduação. No entanto, outros optam por obter experiência como clínico, por um período, para escolher com mais segurança qual especialidade deseja se aprofundar. 

Qual o período do curso?

De modo geral, um curso de pós-graduação tem a duração média de 420 horas. Depende da instituição que você decide fazer. Pode ser feito por lato sensu a distância, semipresencial, ou em sala de aula. 

Qual a diferença entre residência e pós-graduação em psiquiatria?

A Pós-Graduação Lato Sensu é uma especialização de qualificação acadêmica e não profissional, e que, ainda que sejam reconhecidas pelo MEC, não são de formação científica e prática, e possuem carga horária menor do que da Residência Médica. Portanto, os cursos de pós-graduação não conferem ao médico o direito de se inscrever nos conselhos de medicina com o título de especialista. 

Psiquiatria: uma das especialidades médicas do futuro

A psiquiatria também se beneficiará dos serviços de atendimento remoto e telemedicina, permitindo o contato entre médico e paciente fora das unidades de saúde. Essa interação tende a contribuir com tratamentos bem-sucedidos, pois o especialista pode observar seu paciente em um local no qual ele se sente seguro, como na própria residência.

CONHEÇA A PÓS-GRADUAÇÃO EM MEDICINA DA SANAR

Posts relacionados:

Compartilhe com seus amigos:
Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.