Pós-graduação

Pós-graduação em Psiquiatria: o que preciso saber?

Pós-graduação em Psiquiatria: o que preciso saber?

Compartilhar
Imagem de perfil de Especialização Médica

Confira nesta publicação as vantagens de investir em um pós-graduação em psiquiatria e as possibilidades de atuação profissional!

Formado em medicina e buscando o próximo passo da sua carreira profissional? Investir em uma pós-graduação pode ser um ótimo caminho. O curso vai te ajudar a aprimorar seus conhecimentos e a ampliar as suas possibilidades de atuação (e até mesmo melhorar a sua remuneração).

Para os médicos que desejam se especializar no tratamento de distúrbios mentais e emocionais, a pós-graduação em psiquiatria é a mais indicada.

Vale ressaltar que a demanda por profissionais capacitados nesta especialidade segue em alta no Brasil, principalmente após a pandemia da covid-19 e todos os seus impactos na sociedade.

O objetivo deste artigo é trazer respostas sobre as dúvidas mais comuns sobre uma pós em psiquiatria e apresentar as vantagens de investir neste curso. Aproveite a leitura!

O que é psiquiatria?

Antes de mergulharmos no tema deste artigo, é importante relembrar alguns conceitos sobre a especialidade em si e sua rotina de atuação.

A psiquiatria é a especialidade médica voltada para o estudo, diagnóstico, tratamento e prevenção de distúrbios mentais, emocionais e comportamentais.

Ela envolve compreender as causas biológicas, psicológicas e sociais das condições mentais, assim como oferecer terapias e intervenções médicas para promover o bem-estar mental dos pacientes.

O que o médico psiquiatra faz?

O médico psiquiatra atua principalmente no cenário de ambulatório. A sua rotina de trabalho envolve conduzir avaliações clínicas detalhadas, prescrever medicamentos psiquiátricos quando necessário, e oferecer terapias individuais ou em grupo.

Além disso, o psiquiatra colabora com outros profissionais de saúde, como psicólogos e assistentes sociais, para proporcionar cuidados abrangentes aos pacientes.

Quais são os campos de atuação em psiquiatria?

Entre as opções de locais para trabalhar estão:

  • Consultório privado,
  • Hospitais gerais,
  • Hospitais psiquiátricos,
  • Centros de saúde mental,
  • Instituições de ensino, e
  • Pesquisa em instituições acadêmicas ou indústrias farmacêuticas.

Como ser um especialista em psiquiatria?

Para ser um especialista em psiquiatria, o profissional deve:

  • concluir uma graduação em medicina (6 anos de estudo),
  • fazer um programa de residência médica (3 anos de estudo) ou ser aprovado na prova de título desta especialidade. A prova é realizada pela Associação Médica Brasileira (AMB) em parceria com a Sociedade Brasileira de Psiquiatria (SBP).

A pós-graduação e a prova de título

Para fazer a prova de título, o médico deve se enquadrar em alguns pré-requisitos. A comprovação de treinamento/capacitação e a comprovação de experiência de seis anos na especialidade desejada são alguns deles.

Uma pós-graduação lato sensu em psiquiatria pode ser um diferencial para mandar bem na prova de título. Afinal, o curso, se bem escolhido, vai fornecer uma base sólida de conhecimento teórico e prático na especialidade.

Além disso, é uma forma de ficar por dentro das novas abordagens terapêuticas e descobertas de pesquisa que podem ser cobrados em questões da prova. Outra vantagem pode ser as experiências em prática clínica oferecidas durante o curso.

Quer saber todos os detalhes sobre a prova de título? Leia nosso texto sobre o assunto!

O que é uma pós-graduação em Psiquiatria?

A pós-graduação lato sensu em psiquiatria é uma formação acadêmica que oferece um aprofundamento específico na área da psiquiatria, com foco em conhecimentos práticos.

O curso vai funcionar de maneira silimiar a outros cursos de especialização. Normalmente, uma pós-graduação em medicina vai ser dividida em módulos, que serão organizados com base em tópicos relevantes dentro do atendimento em psiquiatria, incluindo teorias psicopatológicas, abordagens terapêuticas, psicofarmacologia, ética médica, entre outros.

As disciplinas em si e até mesmo o formato de aprendizado podem variar de acordo com o programa e a instituição de ensino.

É importante dizer que ao fazer um curso o médico vai receber o certificado de conclusão de pós-graduação lato sensu em Psiquiatria. Esse certificado não confere o título de especialista nesta especialidade, mas vai te ajudar quando for fazer a inscrição para realização da prova de título.

Requisito para fazer a pós em psiquiatria

Para cursar a Pós-graduação em Psiquiatria, é necessário ter o diploma do curso de medicina. A inscrição no CRM é necessária para emissão do certificado, mas não para a matrícula. Caso o aluno não possua CRM, a Pós terá validade de curso livre.

Período do curso

Normalmente, um curso de pós-graduação tem a duração média de 420 horas e pode ser feito por lato sensu a distância, semipresencial, ou presencial.

Como saber se tenho perfil para atuar na área de psiquiatria

Na psiquiatria, é esperado que o profissional esteja disposto a oferecer escuta e suporte para o seu paciente. O tratamento adequado e o gerenciamento de crises deverão ser feitos sem julgamentos, a partir de uma boa percepção social.

A psiquiatria que sofre com alguns estigmas e com a limitação de recursos. Diante disso, a escuta atenciosa se mostra, mais uma vez, fundamental na formação de bons psiquiatras.

Pós-graduação em psiquiatria: o que esperar e quais as vantagens de fazer um curso?

Uma pós em psiquiatria é estruturada pensando em auxiliar o médico a aprofundar os conhecimentos e habilidades nesta especialidade médica, principalmente no que se refere a prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças mentais de um modo geral. O curso tende a combinar um treinamento teórico e prático.

Ao buscar uma pós nesta área, o médico pode espera:

  • Aprofundamento de conhecimento: o curso proporciona um aprofundamento em tópicos específicos relacionados à psiquiatria, incluindo diagnóstico, tratamento, abordagens terapêuticas de doenças mentais de um modo geral.
  • Sinergia entre teoria e prática: para além de aprender a teoria, o aluno aprende como aplicar na prática os conhecimentos durante o atendimento de pacientes.
  • Atendimento clínico: há cursos com possibilidades de vivenciar experiências práticas para realizar avaliação clínica e até mesmo discutir casos reais.
  • Atualização na especialidade: oportunidade de ficar por dentro os avanços e tendências da especialidade.
  • Interação com especialistas: o médico pode interagir com professores e profissionais experientes na área.
  • Preparação para lidar com desafios éticos: a atuação nesta especialidade com frequência coloca o médico diante de dilemas éticos complexos e é importante que o profissional esteja preparado para lidar com eles de maneira sensata.

Como escolher o melhor curso de pós-graduação em psiquiatria?

O mercado educacional médico tem muitas opções de curso de pós nesta área e esses cursos podem ser bastante diferentes. Para escolher o melhor curso, é importante que primeiro você busque entender qual é a sua necessiade de aprendizado e quais são os seus objetivos profissionais.

Confira algumas dicas para ajudar a se guiar na escolha do melhor curso é analisar a:

  • Reputação da instituição,
  • Qualificação e experiência do corpo docente,
  • Riqueza do currículo e conteúdo do curso,
  • Oportunidade de aplicar os conhecimentos adquiridos na prática,
  • Formato do curso, se oferece flexibilidade para se encaixar na sua rotina,
  • Certificação e reconhecimento pelo Ministério de Educação (MEC), e
  • Custo e investimento.

O curso de pós-graduação em psiquiatria da Sanar é bom?

A pós-graduação em Psiquiatria da Sanar, oferecida pela Faculdade Cetrus Sanar, é uma excelente escolha para médicos que desejam aprofundar seus conhecimentos nessa área.

O curso conta com um currículo abrangente, corpo docente experiente e a oportunidade de vivenciar experiências práticas.

Com um formato super flexível, a pós se encaixa bem em qualquer rotina profissional. O médico consegue estudar na hora e da forma que quiser. Além disso, tem possui certificados validados pelo MEC.

Metodologia da pós da Sanar

A metodologia da Sanar é baseada em três pilares: aulas teóricas 100% online e interativas; teleambulatório, onde o aluno atenderá pacientes reais com auxílio do professor-tutor; e simulações práticas de contextos, situações e entrevistas psiquiátricas complexas.

Durante o curso, o aluno aprende sobre questões como psicopatologia, psiquiatria clínica, psicofarmacologia e emergências psiquiátricas. Além delas, os principais transtornos ao longo dos ciclos de vida também são abordados.

Corpo docente da Sanar

A Pós é ministrada por um corpo docente de excelência, sob coordenação do Dr. Saulo Ciasca, médico psiquiatra pela FMUSP.

O Dr. Saulo tem título de especialista pela Associação Brasileira de Psiquiatria e Formação em Psicoterapia Psicodinâmica Breve pelo IPQ-HCFMUSP. O coordenador também é escritor do livro Saúde LGBTQIA+: práticas de cuidado transdisciplinar.

Além disso, Saulo Ciasca é coluna do Sanarmed.com e aborda as discussões mais atuais da prática psiquiátrica. Confira a uma da coluna do Dr. Saulo com o tema de antidepressivos.

Diferenciais do curso da Sanar

O Teleambulatório da Pós-graduação em Psiquiatria da Sanar recebeu o Selo de Direitos Humanos e Diversidade da Prefeitura de São Paulo, por atender gratuitamente mais de 2.000 pacientes LGBTQIA+.

As aulas sobre saúde LGBTQIA+ do curso são ministradas de forma transversal, um diferencial no ensino médico no Brasil.

Sugestão de conteúdo complementar

Esses artigos também podem ser do seu interesse:

Assista também o vídeo do coordenador da nossa Pós em Psiquiatria, Dr. Saulo Ciasca, explicando como funcionam as Simulações de Práticas Profissionais (SPP) e o Teleambulatório: