Pediatria

As melhores residências em Pediatria

As melhores residências em Pediatria

Compartilhar
Imagem de perfil de Sanar Residência Médica

Tudo o que você precisa saber sobre as melhores residências em pediatria!

Apesar de ainda não existir uma única metodologia que estabeleça um ranking das melhores residências em Pediatria, é possível conhecer algumas referências no setor, mesmo que, em diversas regiões do Brasil, exista pelo menos uma Residência em Pediatria de referência e reconhecida pela SBP (Sociedade Brasileira Pediatria).

A Pediatria é a área da Medicina que cuida do crescimento e desenvolvimento do recém-nascido, da criança e do adolescente. Além disso, atua orientando as famílias sobre sobre questões como alimentação, aleitamento materno, vacinação e prevenção de doenças.

Aqui, vamos falar um pouco mais sobre a especialidade e, principalmente, listaremos algumas das instituições que são referência no setor e estão entre as melhores residências em Pediatria.

Mercado de trabalho

Em 2020, de acordo com a Demografia Médica no Brasil, foi revelado que havia mais de 40 mil médicos pediatras no Brasil, equivalente a 10,3% do total de médicos registrados. Além disso 1.880 programas de residência, segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria.

Segundo o site Salario.com.br um Pediatra no Brasil ganha em média R$ 7.112,67 para uma jornada de trabalho de 21 horas semanais. No cargo de Médica Pediatra se inicia ganhando R$ 7.823,00 de salário e pode vir a ganhar até R$ 13.092,00. A média salarial para Médica Pediatra no Brasil é de R$ 8.862,00. 

A Pediatria possui uma ampla atuação no mercado de trabalho. Embora tenha muitos especialistas em relação às outras áreas, ainda há muitas oportunidades, já que os índices de natalidade do Brasil ainda são altos.

O médico pediatra pode atuar em serviços de emergência, centros de terapia intensiva ou enfermaria de hospitais, maternidades, ambulatórios, postos de saúde, clínica da família. Também há espaço em gestão em saúde, programas de saúde pública em geral e carreira militar.

A residência em Pediatria

A especialização em Pediatria, que antes durava somente 2 anos, sofreu uma mudança! A partir de 2019, ela ganhou mais um ano obrigatório de residência. Todas as 6 instituições que citamos já fizeram essa alteração, e por conta disso, todos os programas citados têm a mesma duração de 3 anos. Além disso, vale sempre lembrar que a bolsa de residência médica, definido pelo Governo Federal, é de R$4.106,09.

A residência em Pediatria tem duração de 3 anos e, de acordo com a SBP, deve ser estruturada da seguinte forma:

R1: atuação em enfermaria, centro obstétrico com atendimento dos recém-nascidos em sala de parto e alojamento conjunto; atendimento em urgências e emergências; atendimento em unidades básicas de saúde.

R2: atuação em ambulatório com atendimento de crianças e adolescentes acrescidos de situações de vulnerabilidade e saúde mental básica. Treinamento nos cuidados a pacientes em regime de internação hospitalar; atendimento do recém-nascido na sala de parto e alojamento conjunto; atuação em urgências e emergências pediátricas; plantões em UTI e emergências pediátricas; atuação em cuidados intensivos neonatais.

R3: atendimento ambulatorial nas subespecialidades; treinamento em urgência e emergência incluindo atendimento de trauma de crianças e adolescentes. Cuidados a crianças e adolescentes hospitalizados
portadores de doenças de cada subespecialidade. Treinamento clínico em pré e pós-operatório de cirurgias, sedação e analgesia. Atendimento de crianças e adolescentes internados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal e Pediátrica.

Conheça as melhores residências

Vamos listar aqui instituições que são renomadas e, dessa forma, são consideradas parte das melhores residências em Pediatria. Saiba mais sobre cada uma delas e escolha aquela que é a melhore para a sua carreira.

USP

O programa de residência em Pediatria da USP está entre os mais concorridos do país. Esta residência ocorre no:

  • Hospital Universitário
  • Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina São Paulo
  • Instituto da Criança e do Adolescente (ICR).

O ICR é considerado Centro de Referência Nacional em Saúde da Criança pelo Ministério da Saúde. Esse instituto ocupa uma área de cerca de 25 mil metros quadrados, destinada ao atendimento ambulatorial e internações – com 226 leitos e mais de 70 mil atendimentos ambulatoriais por ano.

A instituição dispõe de:

  • Centro Cirúrgico
  • Centro de Tratamento Intensivo Neonatal 1 e 2 (alocado no Instituto Central do Hospital das Clínicas)
  • UTI Pediátrica
  • Ambulatório
  • Unidade de Diálise
  • Pronto-Socorro
  • Centro de Diagnóstico

O ICr possui ainda um prédio que abriga o Serviço de Onco-hematologia e transplante de Células Hematopoiéticas, o Instituto de Tratamento do Câncer Infantil (ITACI).

Com 36 vagas, das quais 4 são reservadas para o Exército, segundo o edital do programa para 2020, a especialização em Pediatria da USP é uma das mais concorridas de São Paulo. A relação candidato/vaga no mesmo processo seletivo foi de 8 candidatos para cada uma.

Durante os 3 anos do programa você vai ter a oportunidade de atuar como residente no complexo hospitalar da USP, composto pelo Hospital Universitário (HU) e pelo Hospital das Clínicas da FMUSP, principalmente no Instituto da Criança (ICr). A relação candidato vaga em 2020 foi de 8.19 candidatos por vaga.

UNIFESP

O programa de residência da UNIFESP é realizado no Hospital São Paulo (HSP). Conhecido como Hospital Universitário da Universidade Federal de São Paulo.

O programas de residência médica em Pediatria foi inaugurado em 1968. O objetivo desse programa é a formação sólida do profissional, tendo como base o atendimento integral à criança e a compreensão do significado do processo saúde-doença, atuando em todos os níveis de atenção à saúde, desde a prevenção até os mais complexos procedimentos.

Além disso, a instituição preza para que os residentes entendam e vivenciem a relação médico-paciente da forma mais ampla possível, estabelecendo um vínculo mais efetivo.

A Unifesp contou com 15 vagas no processo seletivo 2019-2020. A concorrência não se distancia muito do que vimos até aqui: foram 12 candidatos por vaga, no mesmo processo.

Unesp

A Unesp também é sempre uma instituição a se considerar. Tem-se o complexo hospitalar da universidade, que fica na cidade de Botucatu. A vivência nesse hospital proporciona uma vivência muito rica, que garante assistência a cerca de 2 milhões de pessoas.

Apesar de ser o componente mais conhecido do complexo da Unesp, o Hospital das Clínicas de Botucatu é apenas um deles. Além dele, há também:

  • Hospital Estadual Botucatu
  • Serviço de Atenção e Referência em Álcool e Drogas (SARAD)
  • Prontos-socorros, um adulto e um infantil.

Esse último, faz mais de 50 mil atendimentos por ano, proporcionando muita experiência para os residentes de Pediatria.

Entre as instituições mais procuradas para a residência em Pediatria, a Unesp tem uma das menores concorrências. A concorrência varia em cerca de 5 candidatos para cada uma das 17 vagas do processo seletivo 2019-2020.

A prova da Unesp também adota o modelo de três fases, assim como a USP, a Unifesp e a Unicamp, e também tem duração de 3 anos.

Unicamp

A Unicamp é mais uma instituição de renome muito procurada por quem sonha em fazer residência em Pediatria em São Paulo.

Coincidentemente, no processo de residência médica para 2020 a Unicamp teve a relação de 12 candidatos por vaga. No programa de residência em Pediatria da Unicamp, você vai ter a oportunidade de ganhar experiência no Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp e no Hospital Estadual Sumaré (HES).

O modelo de prova também não é tão diferente: mantém a estrutura de 3 fases, com a 1ª fase sendo uma prova de múltipla escolha, a 2ª uma prova prática e a 3ª uma análise de currículo. Excepcionalmente, neste ano, com acesso direto em 2021, pode ser que algumas fases sejam modificadas, em função da pandemia de COVID-19.

Hospital Sírio Libanês

O Hospital Sírio-Libanês é uma das instituições mais bem conceituradas do país e oferece um dos melhores programas de residência médica em todas as áreas da medicina, incluindo a pediatria.

A residência teve início em 2017 com o objetivo de formar profissionais para uma prática de atenção à saúde da criança e adolescente com excelência clínica, integrada e humanizada, fundamentada em conhecimentos técnico-científicos, raciocínio crítico-reflexivo, orientado para segurança do cuidado, trabalho em equipe e comprometidos com a qualidade da atenção à saúde prestada no País.

Em 2021, a instituição abriu 6 vagas para pediatria, obtendo uma relação candidato/vaga de 32,66!

Conclusão sobre as melhores residências em Pediatria

Escolher a Residência Médica é uma decisão fundamental na carreira médica. Dessa maneira, é fundamental conhecer bem as instituições que oferecem a especialidade almejada. Isso irá possibilitar uma melhor escolha para a sua vida.

Para escolher aquela que mais se adequa aos seus objetivos, é importante se atentar para programas que ofereçam ampla atuação prática em instituições bem equipadas. Além disso, é importante ter atendimentos nas mais diversas áreas de atuação.

Algumas das melhores residências em Pediatria estão no programa de residência da USP, UNIFESP e Sírio Libanês. São instituições tradicionais e renomadas, localizadas em São Paulo, o maior centro de referência em saúde, ciência e tecnologia do Brasil.

Conheça as melhores residências médicas:

Referências

Perguntas frequentes

  1. Qual a concorrência para pediatria na USP-SP?

Pode chegar a 12 candidatos por vaga.

2. Qual a concorrência para pediatria na UNIFESP?

Pode chegar a 12 candidatos por vaga.

3. Qual a concorrência para pediatria na UNICAMP?

Pode chegar a 12 candidatos por vaga.