Residência Médica

Residência médica na UFPA (Universidade Federal do Pará)

Residência médica na UFPA (Universidade Federal do Pará)

Compartilhar

Sanar Residência Médica

9 min há 277 dias

A Residência Médica na UFPA (Universidade Federal do Pará) é uma das mais importantes do Norte do país. As instituições onde os residentes estudam são referência no tratamento de doenças como fibrose cística e no atendimento à saúde da criança e do adolescente, por exemplo.

Informações como essa são necessárias para você orientar sua decisão sobre qual especialidade e instituição escolher no próximo processo seletivo. E neste conteúdo você encontrará mais detalhes sobre a Residência na UFPA.

Histórico da Instituição

A Faculdade de Medicina da UFPA foi fundada em 1919, antes mesmo de a universidade federal existir. Em janeiro daquele ano, médicos paraenses liderados pelo Professor Doutor Camillo Salgado e assistidos pela Associação Científica do Pará deram início a essa instituição que veio a ser federalizada e integrada à Universidade Federal do Pará em 1955.

Em cem anos, já foram formados mais de 8 mil médicos. O destaque da faculdade é compartilhado com os Hospitais Universitários João de Barros Barreto (HUJBB) e Bettina Ferro de Souza (HUBFS), que integram o Complexo Hospitalar da UFPA, administrado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH). 

O HUJBB oferta especialidades como Cardiologia, Endocrinologia, Neurologia, Infectologia, Pneumologia, Clínica Médica, Cirurgia Geral, Cirurgia de Cabeça e Pescoço, Cirurgia Vascular, Cirurgia do Aparelho Digestivo e Dermatologia. Mas a unidade é mesmo referência estadual no tratamento de meningite, com a Unidade de Diagnóstico da doença, e de fibrose cística e dermatologia. 

O hospital é também referência secundária e terciária no tratamento da tuberculose multirresistente. Além disso, o HUJBB está em processo de credenciamento como Unidade de Alta Complexidade em Oncologia, com serviços de Oncologia Clínica e Radioterapia. 

Destaque também para a Unidade de Informações Toxicológicas/Centro de Informações Toxicológicas, projeto de extensão da Pró-reitoria de Extensão da UFPA onde estudantes de Medicina podem atuar. A unidade é integrada à Rede Nacional dos Centros de Informações Toxicológicas e é resultado de parceria entre UFPA e a Secretaria de Saúde de Belém.

Já o HUBFS é unidade reconhecida pelo atendimento em Otorrinolaringologia, Oftalmologia e Atendimento à Saúde da Criança e do Adolescente, e lá são desenvolvidos programas de Residência Médica nas duas especialidades, além de Pediatria e Ginecologia e Obstetrícia.

O nome do HUBFS é uma homenagem à professora Bettina Ferro de Souza, também médica, que em vida realizou atividades docentes, assistenciais e administrativas. A professora chegou a participar do projeto de criação do hospital universitário, mas morreu em janeiro de 1993, quando faltava apenas um terço para conclusão das obras.

O processo seletivo

O processo seletivo da Residência Médica na UFPA é realizado individualmente pelos dois hospitais universitários onde são desenvolvidos os programas. O HUJBB e o HUBFS divulgam seu próprio edital, com suas próprias regras. 

O HUJBB tem apenas uma etapa, que é a prova objetiva. Já o HUBFS tem uma fase com duas etapas: prova objetiva e avaliação curricular.

  • Prova objetiva: A prova é composta por cem questões de múltipla escolha, valendo 100 pontos e com peso 9. Para os programas de  Residência Médica com acesso direto, são cobrados conhecimentos em Clínica Médica, Cirurgia Geral, Pediatria, Obstetrícia e Ginecologia e Medicina Preventiva e Social (Saúde Coletiva e Medicina Geral de Família e Comunidade). Para os programas de Residência Médica com Pré-requisito, são 20 questões de múltipla escolha sobre assuntos referentes à especialidade pré-requisito. 
  • Avaliação curricular: Para essa fase são convocados apenas os candidatos que obtiveram pontuação mínima de 50% do total de pontos da prova objetiva, até o limite de três vezes o número de vagas oferecidas por programa. São avaliados itens como participação em projeto de pesquisa, extensão ou iniciação científica; monitoria em disciplina de grade curricular; curso presencial, artigo científico publicado, apresentação em evento científico, participação evento científico, língua estrangeira.

O processo seletivo de Residência Médica na UFPA tem a característica de dar pontuação adicional a quem tiver participado e cumprido integralmente o Programa de Valorização da Atenção Básica (PROVAB) a partir de 2012 ou ingressado nos programas de Residência em Medicina de Família e Comunidade/Medicina Geral de Família e Comunidade (PRMGFC) a partir de 2015. São estabelecidos os seguintes critérios:

  • 10% nas notas do processo seletivo em programas de acesso direto a quem tiver concluído 1 ano de participação nas atividades do PROVAB
  • 10% nas notas do processo seletivo para quem concluir a programação prevista para os 2 anos do PRMGFC, para acesso posterior a outras especialidades

Instituições participantes 

Edital de residência médica da UFPA

O processo de seleção da Residência Médica da UFPA ocorre no último trimestre do ano e cada instituição onde é desenvolvida a formação do residente tem seu próprio edital. O mais recente, publicado em 2019, ofertou 62 vagas, sendo 40 para o Hospital Universitário João de Barros Barreto (HUJBB) e 22 para o Hospital Universitário Bettina Ferro Souza (HUBFS). 

Acesso direto HUJBB:

Vagas de acesso direto da residência médica da UFPA

Pré-requisito em Clínica Médica HUJBB:

Vagas com pré-requisito em clínica médica da residência médica da UFPA

Pré-requisito em Cirurgia Geral HUJBB:

Acesso direto HUBFS: 

As inscrições foram abertas no último trimestre do ano, com taxa de inscrição no valor de R$ 350,00. Todas as informações sobre o processo seletivo estavam concentradas no site do Centro de Processos Seletivos da UFPA, inclusive a realização da inscrição.

A prova do HUJBB estava marcada para 02 de fevereiro de 2020, com início às 14h e término às 18h,  no horário de Belém-PA. Já a prova da HUBFS estava marcada para 24 de novembro de 2019, com início às 14h e término às 18h, também pelo horário da capital paraense. A análise curricular estava prevista para 06 de dezembro de 2019. 

Sanar-Residência-Médica-Trial-Extensivo-R1-2021

Especialidades oferecidas na residência médica da UFPA

A UFPA oferece diversas especialidades de Residência Médica, entre aquelas com acesso direto e pré-requisito. Algumas se destacam mais do que outras devido ao número de vagas ofertadas. Esse dado reflete indicadores como demanda, oportunidades no mercado de trabalho e concorrência. Por outro lado, há também aquelas que se destacam devido ao reconhecimento das instituições de ensino, no caso, o HUJBB e o HUBFS. 

Acesso direto

  • Infectologia
  • Pediatria
  • Ginecologia e Obstetrícia

Áreas com necessidade de pré-requisito

  • Cirurgia do Aparelho Digestivo
  • Endocrinologia
  • Pneumologia

O que esperar da residência na UFPA

A vivência de Residência Médica na UFPA não difere do que ocorre nas demais instituições. A carga de trabalho é pesada, com 60 horas semanais de trabalho, plantão de até 24 horas, além de estudos de casos e artigos fora do hospital.

Por outro lado, há a possibilidade de uma folga por semana, 30 dias de férias por ano e direito a bolsa auxílio no valor de R$ 3.330,43. Os residentes também têm direito a alimentação.

Apesar desses fatores, a Residência Médica na UFPA pode ser uma experiência positiva em razão do histórico da instituição e das possibilidades de aprendizagem nos hospitais universitários do Complexo Hospitalar da UFPA. São diversos programas de referência para você desenvolver habilidades necessários para atender os usuários do sistema de saúde. 

Sanar-Residência-Médica-Trial-Extensivo-R1-2021

Confira o vídeo:

Posts relacionados:

Compartilhe com seus amigos:
Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.