Radiologia e diagnóstico por imagem

As melhores Residências em Radiologia e Diagnóstico por Imagem | Ligas

As melhores Residências em Radiologia e Diagnóstico por Imagem | Ligas

Compartilhar

Cravar a definição da melhor residência médica em Radiologia é uma tarefa complicada. E para não haver injustiça, neste momento, selecionamos as melhores residências médicas em Radiologia

Atualmente, para que consigamos ter um maior destaque na nossa carreira, devemos conhecer quais são as melhores residências em cada especialidade. Já que será durante esses anos de residências, que vamos nos aperfeiçoar naquela área, então uma base sólida e plural é mandatória.

Segundo dados do Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (CBR), no ano de 2018, atuavam 12.868 Médicos Radiologistas, com uma densidade de 6,17 especialistas por 100.000 habitantes, representando aproximadamente 3% de todos os Médicos titulados no Brasil.

Neste mesmo senso foram identificados 151 programas de residência no país, totalizando 1728 vagas, sendo que os estados do Sul e Sudeste concentram 72,7% do número total de vagas.

Atualmente, a faixa salarial de um médico radiologista varia entre R$ 4.660,62 e  R$12.949,79 para 25 horas semanais trabalhadas. Sua rotina consiste no ato de interpretar exames de imagem, o que torna a prática muito ligada à tecnologia. Por isso, acaba sendo uma grande opção para os profissionais que prezam por uma boa qualidade de vida.

Metodologia

Para determinar a melhor residência na Radiologia e Diagnóstico por Imagem, o Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem realiza uma prova anual, a qual mede o desempenho dos residentes em cada instituição.

Com isso, é confeccionado um ranking com quatro grupos em ordem decrescente (A, B, C e D) de acordo com a média de desempenho de seus residentes. No ranking mais atual, o de 2018/2019, contamos inúmeras com diversas instituições no grupo A, como a exemplo:

Hospital das Clínicas: Faculdade de Medicina de São Paulo: Seu programa de residência médica teve início em 1944, sendo um dos primeiros no país, além de ser pioneiro na introdução do terceiro ano de residência médica.

Atualmente, conta com 28 vagas anuais para novos residentes. Conta também, com um dos maiores parques tecnológicos do Brasil, o que é de suma importância para à excelência na Radiologia.

Hospital Albert Einstein: Seu programa de residência médica em radiologia teve início no ano de 2007 e atualmente conta com 6 vagas anuais. Tem como formato teórico-prático, além dos residentes contam com um alto aparato tecnológico e participarem de forma ativa da rotina radiológica da instituição. Permitindo uma formação ampla e bem fundamentada.

Hospital Sírio-Libanês: Inaugurou seu programa de residência médica em Radiologia e Diagnóstico por Imagem no ano de 1993, onde em 2012 começou a ofertar também um estágio de especialização complementar (R4) em áreas como a imagem mamária, musculoesquelética, neurorradiologia, abdome e tórax.

Seu programa de residência é estruturado na Prática Baseada em Evidências (PBE), que estimula seus residentes a utilizarem ainda mais, as evidências científicas atualizadas, na sua prática clínica.

Conceito do Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem

O interesse pelo diagnóstico, aliado ao apreço pela tecnologia, tem o maior peso na escolha pela especialidade de Radiologia e Diagnóstico por Imagem. Os programas de Residência Médica dessa especialidade têm duração mínima de três anos, podendo acrescentar um ou mais anos na formação especializada.

O ingresso nos programas credenciados se dá mediante processos seletivos e chamamentos públicos. Ao médico residente é assegurada bolsa mensal em regime especial de treinamento em serviço de 60 horas semanais.

A Radiologia e Diagnóstico por Imagem é uma especialidade predominantemente masculina (62,4%), a média de idade dos radiologistas é de 46,1 anos.

Os possíveis riscos a serem enfrentados no futuro são a inteligência artificial e suas interferências na especialidade e distorções provocadas pelo modelo de remuneração do profissional.

Conclusão sobre as melhores Residências Médicas em Radiologia

A Radiologia e Diagnóstico por Imagem está entre as dez primeiras especialidades médicas com maior número de médicos titulados no Brasil. Porém, tem a concentração bem menor de radiologistas por 100.000 habitantes em comparação à média de países europeus, e apresenta uma distribuição de modo desigual pelo território nacional.

Devido aos constantes avanços científicos e tecnológicos e as atuais exigências do mercado de trabalho, é necessário escolher as melhores Residências Médicas em Radiologia, que sejam referência, para assegurar uma formação de excelência e o sucesso profissional.

Dos 151 programas, podemos considerar como as melhores Residências Médicas em Radiologia e Diagnóstico por Imagem no país o programa de residência do Hospital das Clínicas – SP, Hospital Albert Einstein e Hospital Sírio-libanês, pois apresentam um programa completo, aliado a presença de um alto padrão de tecnologia.

Autores, revisores e orientadores:

  • Autor(a): José Edmilton Felix da Silva Junior – @edmiltonfelixjr
  • Autor(a): Maíra Santana dos Santos – @mairasant_
  • Revisor(a): Mariana Roberta Santos de Melo  – @mariimelo.s
  • Orientador(a): Drª Lara Torres Cardoso – @laracardoso40
  • Orientador(a):Dr Fábio Gonzales – @dr.fabiogonzalez
  • Liga: Liga Acadêmica de Radiologia da Bahia – LARB – @larb.unime

Gostou da postagem? Quer ter a sua liga postando no Sanarmed também? Clique no botão abaixo e participe!

Sanar-Residência-Médica-Trial-Extensivo-R1-2021

Confira o vídeo:

Posts relacionados:

Compartilhe com seus amigos:
Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.