Coronavírus

Transmissão de covid-19 por assintomáticos existe, mas quanto?

Transmissão de covid-19 por assintomáticos existe, mas quanto?

Compartilhar

Sanar Medicina

3 min há 168 dias

Existe a transmissão de COVID-19 por assintomáticos, mas sabemos o quanto? Essa foi a pergunta para a qual um artigo da revista JAMA buscou resposta em uma de suas publicações. Neste post trataremos sobre este tópico de suma importância para a pandemia que enfrentamos. 

Afinal, o ótimo controle da pandemia só será alcançado quando o vírus parar de circular ou alcançar baixas taxas de transmissão.

Método

Os pesquisados utilizaram modelos de análises que avaliaram a proporção de indivíduos pré-sintomáticos, assintomáticos e sintomáticos em diferentes cenários.

As estimativas foram feitas com base numa meta-análise composta por 8 estudos chineses.

Os cálculos envolvidos para que as estimativas fossem feitas são complexos, então vamos analisar apenas os resultados encontrados.

Resultados

De acordo com a análise feita pelo estudo, 59% das transmissão de covid-19 foram realizadas por pessoas assintomáticas, sendo:

  • 35% de indivíduos pré-sintomáticos;
  • 24% de indivíduos que nunca chegaram a manifestar algum sintoma. 

Apesar de se tratar de um tipo de estudo mais complexo, diferente daqueles que estamos acostumados a analisar aqui, os dados mais importantes foram apontados. 

Discussão

A importância da transmissão de covid-19 por pessoas assintomáticas é reforçada pelos achados da pesquisa.

Mesmo após diversos ajustes no período de incubação e manifestação de sintomas, pelo menos 50% das transmissões ocorreram de indivíduos sem sintomas.

Este resultado é essencial para a adoção de medidas de controle da circulação do vírus SARS-CoV-2.

Isto significa que ações preventivas devem se direcionar não apenas para os sintomáticos, mas também na identificação, isolamento e controle dos casos assintomáticos da COVID-19. 

As medidas já recomendadas atualmente podem ser complementadas com estratégias de rastreio de indivíduos não doentes, especialmente aqueles sob maior risco de contrair a doença, ou ainda aqueles que entraram em contato com casos confirmados. 

Posts relacionados:

Referências

SARS-CoV-2 Transmission From People Without COVID-19 Symptoms – JAMA Network

Compartilhe com seus amigos:
Política de Privacidade. © Copyright, Todos os direitos reservados.