Psiquiatria

Transtorno de ansiedade: o que você precisa saber

Transtorno de ansiedade: o que você precisa saber

Compartilhar
Imagem de perfil de Sanar Pós Graduação

O transtorno de ansiedade representa quando a ansiedade, reação emocional não patológica associada a diversos contextos de vida, evolui para um contexto patológico.

No transtorno de ansiedade, a ansiedade começa a se apresentar desconfortável e inconveniente, surgindo na ausência de um estímulo externo claro ou com magnitude suficiente para justificá-la, e apresenta intensidade, persistência e frequência desproporcionais.

Estudos epidemiológicos indicam os transtornos de ansiedade como os mais prevalentes dentre os transtornos psiquiátricos.

Na grande maioria dos casos, não há como estabelecer uma causa específica aos transtornos aqui tratados. A interação entre fatores genéticos e ambientais resume a etiologia atualmente proposta e aceita.

Fatores de risco da ansiedade

Em análises dos fatores relacionados a problemas e/ou transtornos referentes a indivíduos que sofrem com a ansiedade crônica, percebe-se que os fatores de risco mais abrangentes são em relação ao gênero, e, por meio dos estudos, indica-se que pessoas do sexo feminino são as mais acometidas pela ansiedade, em relação a mudanças de humor e estresse. Os traumas também caracterizam uma pessoa com ansiedade crônica, em relação a abusos sofridos na infância e a eventos traumáticos.

As doenças e comorbidades também indicam a presença do transtorno, como o câncer, que é uma das maiores afecções e preocupações da população atual.

Assim como a personalidade, com pessoas mais tensas, preocupadas e a presença de outros tipos de transtorno concomitantes. A genética e o abuso de substâncias podem levar ao desenvolvimento ou ao agravamento da condição da ansiedade em relação à pessoa, em que o indivíduo aumenta seus riscos e agravos e a sua prevalência

Tipos de transtorno de ansiedade

Tipos de transtorno de ansiedade segundo DSM-5 é uma divisão mais teórica dos tipos de transtorno. Muitas vezes não é possível delimitar ao certo qual o transtorno, enquanto outros quadros são bastante clássicos. Os principais tipos de ansiedade são:

Sintomas de ansiedade

A ansiedade e a preocupação estão associadas a três ou mais sintomas, presentes na maioria dos dias, nos últimos seis meses, sendo os mais identificados a inquietação ou sensação de estar no limite, cansar-se facilmente, dificuldade de concentração; irritabilidade, tensão muscular e distúrbios do sono. Dessa forma, o transtorno não pode ser atribuído a apenas uma condição médica geral, mas também ao transtorno mental.

Os transtornos de ansiedade podem ser muito angustiantes e interferir na vida da pessoa a ponto de causar depressão. É possível que a pessoa venha a ter um transtorno por uso de substâncias. A pessoa com transtornos de ansiedade tem, no mínimo, duas vezes mais propensão a ter depressão que as pessoas que não têm transtornos de ansiedade.

Diagnóstico de ansiedade

O diagnóstico dos transtornos aqui abordados é clínico. Os critérios diagnósticos são estabelecidos para fins de facilidade de comunicação e uniformidade clínica pelas classificações diagnósticas Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID-10) e Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-5). Os critérios específicos podem ser verificados em outras fontes de consulta, mas alguns pontos importantes de apoio à investigação são resumidos a seguir:

https://www.ufrgs.br/telessauders/documentos/telecondutas/Telecondutas_Ansiedade_20170331.pdf.  Acesso em 08/08/2021, as 19:03

Tratamento da ansiedade

O estabelecimento de um diagnóstico preciso é importante, uma vez que os tratamentos diferem de acordo com o tipo de transtorno de ansiedade. Além disso, os transtornos de ansiedade devem ser diferenciados da ansiedade que ocorre em muitos outros transtornos de saúde mental, que envolvem diferentes abordagens de tratamento.

O tratamento se baseia em 4 pilares:

  • Tratamento da causa, caso seja adequado
  • Psicoterapia
  • Farmacoterapia
  • Tratamento de outros distúrbios ativos

Saiba mais sobre Psiquiatria!

Seu sonho é ser psiquiatra e prestar prova de título? Mas qual a melhor forma de se aprofundar?

Perguntas Frequentes:

1 – O que é o transtorno de ansiedade?

A ansiedade começa a se apresentar desconfortável e inconveniente, surgindo na ausência de um estímulo externo claro ou com magnitude suficiente para justificá-la, e apresenta intensidade, persistência e frequência desproporcionais.

2- Qual a melhor opção de tratamento?

É indicado tratar através de psicoterapia e farmacoterapia.